Conceito.de

Conceito de proletariado

A classe social formada pelos proletários chama-se proletariado. Os proletários (do latim proletarĭus) são os operários, os trabalhadores manuais que auferem uma remuneração pelo seu trabalho.

Exemplos: “Quero chegar à presidência para defender os interesses do proletariado”, “Um sociólogo norte-americano surpreendeu o mundo académico com um polémico ensaio sobre a situação atual do proletariado”, “Não importa quem governa, o proletariado será sempre alvo de discriminação”.

No sistema capitalista, o proletariado é a classe social mais baixa. Estes trabalhadores não dispõem de meios de produção, pelo que se veem forçados a vender a sua força de trabalho à burguesia. Noutros termos, o proletariado é um empregado do burguês, quem, enquanto empregador, lhe paga um salário pelo seu trabalho.

Karl Marx foi quem criou a noção de proletariado para opor a classe operária à classe burguesa. O termo, de qualquer forma, teve a sua origem na Roma Antiga. Lá, os proletários eram os cidadãos da classe social mais baixa e não tinham nenhuma propriedade. O Estado só considerava essas pessoas para criar descendentes (filhos), os quais passavam a fazer parte dos exércitos do império.

Para o marxismo, proletários e burgueses têm interesses antagónicos (opostos). O proletariado pretende sempre que os salários sejam aumentados, ao passo que os burgueses querem que se mantenham o mais baixo possível para maximizar os seus lucros.

Na opinião de Marx, o único caminho possível do proletariado para cortar a subordinação à burguesia é a tomada de consciência da sua situação para alcançar a revolução e erradicar a dominação capitalista.

É chamado de proletarização o processo onde os trabalhadores perdem a posse de seus meios de subsistência e são condicionados a tornarem-se mão de obra assalariada, onde cada vez menos trabalhadores tem a posse do fruto do seu trabalho.

O proletário é diferente de um pequeno comerciante ou de um camponês, por exemplo, já que esses últimos tem o produto resultante do seu trabalho e o podem comercializar ou tê-lo para uso próprio, bem como vender o seu trabalho como um serviço.

Por outro lado, o proletário apenas vende as suas habilidades, sua capacidade para o trabalho, sendo que os produtos resultantes do seu trabalho, bem como o seu trabalho, não são seus, mas não daqueles que adquiriram a sua força de trabalho, pagando-lhes um salário. E é a burguesia a classe que controla os meios de produção.

Com o surgimento do capitalismo foi que surgiu a burguesia. Cabe ainda dizer que foi a Revolução Industrial quem marcou isso, a passagem do capitalismo comercial até o capitalismo industrial. Nisso, houveram as transformações sociais como, por exemplo, uma migração em massa de indivíduos do campo para a cidade e um crescimento de maneira desordenada.

O rei Sérvio Túlio (do século VI a.C.) fez uso do termo “proletário” (proletarii) para fazer referência aqueles de classe mais baixa, os quais não possuíam nenhuma propriedade, mas tinham como único objetivo gerar prole para o Estado, o qual tinha como proposito ampliar o exército imperial.

Nesse caso, o termo era usado num sentido pejorativo, mas foi no século XIX que os comunistas, anarquistas e socialistas passaram a usar o termo para se referir aqueles que não possuíam propriedade de meios de vida ante o capitalismo industrial.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

estrume

O primeiro significado de estrume mencionado pela Michaelis em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa alude aos...

Conceito de

estiva

No âmbito da marinha, estiva é o processo que consiste em depositar, da forma mais conveniente, uma carga em uma embarcação....

Conceito de

estaca

Uma estaca é um pau com uma extremidade afiada. Graças a esta particularidade, é um elemento com diferentes utilizações, uma...

Conceito de

esquimó

Esquimó é o nome dado a um povo cujos membros residem na região ártica da América do Norte, Ásia e Groenlândia. De acordo...

Conceito de

arrepiante

O adjetivo arrepiante é usado para qualificar o que arrepia: ou seja, estremece, horroriza ou provoca espanto. O arrepiante gera...

Conceito de

estabelecer

O vocábulo latino “stabiliscĕre”, frequentativo de “stabilīre” que significa tornar estável. Este...

Conceito de

esqueleto

O termo grego “skeletós”, que pode traduzir-se como corpo ressequido, esqueleto chegou ao francês como...

Conceito de

esporádico

O vocábulo grego “sporadikós” que pode ser traduzido como disperso, chegou ao nosso idioma como esporádico....

ARQUIVOS