Conceito.de

Conceito de proposta pedagógica

Escutar o artigo

Antes de entrar em cheio no estabelecimento do significado do termo proposta pedagógica, torna-se necessário conhecermos a origem etimológica das duas palavras que a compõem:

-Proposta deriva do latim, de “proposita”, que se pode traduzir por “posta à frente! E que é fruto da união de dois componentes: o prefixo “pro-”, que equivale a “para a frente”, e “posita”, que é sinónimo de “posta”.

-Pedagógica, por sua vez, emana do grego. Neste caso concreto evolui a partir da união do substantivo “paidos” (“menino”), do verbo “ago” (“conduzo”) e do sufixo “-ico”, que é usado para indicar “relativo a”. A partir daqui, obtemos finalmente algo como “relativo àquilo que ensina as crianças”.

As propostas são convites, oferecimentos ou promessas que se manifesta a uma pessoa com um determinado objetivo. Quando se propõe algo a alguém, espera-se uma ação ou uma resposta por parte deste.

Pedagógico, por sua vez, é aquilo que qualifica e/ou está relacionado com o que está relacionado com a pedagogia (o conjunto de saberes orientados para o plano educativo). A pedagogia é um fenómeno social e inerente ao ser humano.

Com isto definido, podemos avançar com a definição de proposta pedagógica. Trata-se da ação que promove uma aplicação da didática para o desenvolvimento de certos conhecimentos.

Uma proposta pedagógica deve ter em conta o âmbito no qual irá ser desenvolvido e deve partir de um diagnóstico específico. Estas questões permitem justificar a proposta e assentam as bases para o cumprimento dos objetivos estipulados.

Entre as características fundamentais que se considera que deve ter qualquer proposta pedagógica ou sobre aquelas que esta se deve sustentar destacam-se a qualidade educativa, a atenção à diversidade, à globalidade e à interação.

Na hora de elaborar uma proposta deste tipo, a pessoa em questão deve estrutura-la em objetivos, conteúdos, atividades, metodologia e, claro, por critérios de avaliação, que serão aqueles que permitirão conhecer o resultado final da referida proposta. É importante ter em conta que os primeiros, os objetivos, devem ser de dois tipos: gerais e específicos.

Nas diversas etapas educativas requer-se o uso de propostas pedagógicas. Deste modo, por exemplo, nas salas de ATL (atividades em tempos livres, o habitual é que as mesmas sejam algo como pintura de dedos, jogos com água, piscina de bolas…

Vejamos um exemplo de proposta pedagógica. Um professor que trabalha num centro cultural planear administrar um curso de introdução à história universal, orientado para pessoas de todas as idades. Este docente tem em conta as características socioculturais das pessoas que costumam frequentar o centro cultural, o seu nível educativo e as suas condições para aceder a conhecimentos históricos de carácter general.

A partir do diagnóstico que realiza, o educador elabora uma proposta que apresenta face às autoridades do centro cultural, mencionando quais são os seus objetivos como docente, que temas serão administrados no curso, quais serão os procedimentos pedagógicos que pensa aplicar, etc. Uma vez aprovada a sua proposta pedagógica, o centro cultural incorpora o curso de introdução à história universal à sua oferta educativa.

A proposta pedagógica nas escolas é uma importante ferramenta, pois ajuda a instituição a saber o que busca, auxiliando os alunos a conquistarem o melhor de si, assim como, auxilia no adequado direcionamento do corpo docentes e demais responsáveis na instituição.

É através da proposta pedagógica que a escola consegue exercer a sua autonomia pedagógica, administrativa e também financeira. E mesmo que ela seja um conjunto de normas, não deve ser encarada como algo rígido, mas sim como um caminho traçado para que a instituição, alunos e os responsáveis ali alcancem os objetivos desejados.

Mas é necessário que haja um esforço conjunto, a fim de que haja espaço para que cada uma das partes possa expor suas ideias e contribuições. E um dos alicerces para isso também é manter uma harmonização entre a teoria e a prática.

Para os docentes, esse planejamento realizado em decorrência da proposta pedagógica servirá como um direcionador, onde os mesmos poderão aplicar a linha de pensamento que diz respeito a proposta pedagógica.

Ainda, o planejamento que acontece na proposta pedagógica requer que haja um acompanhamento constante para que, quando necessário, sejam apontados pontos de melhoria. Nesse momento, checam-se os conteúdos e se os mesmos são relevantes para o aprendizado dos alunos, fazendo também uma avaliação para saber se há um envolvimento essencial da família, entre outros temas importantes são abordados e problemas podem ser solucionados.

Com tudo isso, pode-se oferecer uma educação de qualidade, ajudando a reduzir o nível de repetência e também de evasão escolar.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (26 de Outubro de 2015). Conceito de proposta pedagógica. Conceito.de. https://conceito.de/proposta-pedagogica