Conceito.de

Conceito de refúgio

Escutar o artigo

Refúgio é um conceito que tem a sua raiz etimológica no vocábulo latino refugĭum. Pode-se tratar do espaço do espaço ou da construção que permite refugiar-se (escapar, fugir, abrigar-se).

Exemplos: “Quando desatou a chover imenso, tivemos de procurar um refúgio para nos protegermos”, “O explorador construiu um refúgio com ramos, pedras e folhas e passou lá mais de dez dias”, “O meu dormitório é o meu refúgio: neste dedico-me a ler, ouvir música e meditar”.

Um refúgio de montanha é uma estrutura construída num cume ou num sítio localizado nas alturas para dar amparo e abrigo aos montanhistas. A sua finalidade é servir de proteção quando as condições meteorológicas impedem de continuar com o percurso pela montanha.

Em geral, um refúgio de montanha conta com uma pequena cozinha, casa de banho e camas. Também dispõem de equipamento de rádio para estabelecer comunicações e de um gerador de energia eléctrica.

Os refúgios de animais, por outro lado, são lugares onde se cuida de espécies que tenham sido abandonadas ou que não tenham dono. Por hábito, acolhem-se gatos e cães, os quais são alimentados e cuidados até se encontrar uma pessoa responsável disposta a adotá-los.

Conhece-se pelo nome de refúgio antiaéreo o espaço construído para proteger a cidadania e/ os soldados de eventuais bombardeamento que se realizem por via aérea. Trata-se de estruturas de grande resistência face aos impactos.

No sentido mais amplo, por último, refúgio é o amparo ou auxilio que se pede ou se oferece: “Depois do incêndio, a minha namorada deu-me refúgio na sua casa”, “Não te preocupes: se te zangares com o teu marido, dou-te refúgio no meu lar junto da minha família”.

Na religião cristã é comum dizer que Deus é o refúgio dos cristãos quando esses encontram-se em momentos de dificuldades. Refúgio, nesse caso, é um lugar onde eles podem se abrigar das coisas ruins e das situações difíceis, mas pode também representar um lugar onde podem parar para refletir e estarem diante de Deus apresentando seus problemas.

Há ainda o termo refugiado que descreve a pessoa que abandona o seu país devido a estar sendo perseguido. O refugiado abandona a sua terra natal por que sua vida corre perigo ali, seja por conta de um conflito religioso ou político, por exemplo.

Quando um indivíduo sai de seu país por conta de alguma perseguição ou conflito que ponha em risco sua vida, então ele pode solicitar asilo em outro país. E esse pedido de asilo faz com que o país de refúgio obrigatoriamente trate esse indivíduo segundo as leis internacionais. Contudo, além dessas leis, a Declaração Universal dos Direitos Humanos também define que todos os seres humanos possuem o direito a asilo em outros países.

Mas a ideia de conceder refúgio em outro país é algo antigo, sendo que na Antiguidade, em locais como os impérios hitita e assírio, o que poderia ser definido como conceder abrigo já existia, mas isso era voltado para as pessoas que eram perseguidas de forma injusta. Mas o que se entende hoje como um refugiado só foi consolidado no século XX em todo o mundo. E após a Segunda Guerra Mundial foi que isso se disseminou ainda mais.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (30 de Novembro de 2015). Conceito de refúgio. Conceito.de. https://conceito.de/refugio