Conceito.de

Conceito de relógio de areia

Conhece-se pela designação de relógio ao dispositivo que permite realizar uma medição do tempo, segmentando-o em diferentes unidades. Areia, por sua vez, é o nome que recebe a acumulação (ou o aglomerado) de partículas provenientes de rochas e reunidas na orla de um rio ou de um oceano.

Um relógio de areia (mais conhecido sob o nome de ampulheta) é um instrumento que usa a areia para fazer a medição temporal. Estes relógios específicos de tempo iniciam a contagem quando a areia que se encontra na parte de cima começa a cair para a parte inferior através da força da gravidade, e terminam quando a totalidade da areia já passou para baixo.
Terá sido no século VIII que surgiu pela primeira vez a ideia e a realidade da ampulheta na Europa, pois crê-se que foi um monge de seu nome Liutprando que o apresentou para fazer uso do mesmo na Catedral de Chartres, em França.

No entanto, não seria até ao século XIV quando passou a ser famoso, já sendo habitual o seu uso em diversos âmbitos. A título de exemplo, aparece representado em diversas pinturas daquela época, como é o caso da tela “Alegoria do Bom Governo” (1338) de Ambrogio Lorenzetti.

O funcionamento da ampulheta é bastante simples. Trata-se de um instrumento de vidro ou plástico transparente, com dois bolbos do mesmo tamanho que comunicam entre si através de um pequeno orifício no centro do dispositivo. No interior, é colocada uma quantidade de areia suficiente para encher a metade ou pouco mais da capacidade de uma ampola.

Através da acção da gravidade, a areia acumula-se sempre no bolbo que está na parte de baixo: quando se agarra nela e se a vira ao contrário, o bolbo de baixo passa a ser o de cima, e a areia começa a cair através do orifício, passando para o bolbo que agora ficou em baixo.

A ampulheta, posto isto, mede um período de tempo fixo (aquilo que demora a areia a passar para baixo). Esse lapso pode corresponder a um minuto, por exemplo. Se aquilo que se deseja é medir o tempo exacto decorrido entre dois acontecimentos ou saber a hora, a ampulheta não tem qualquer utilidade nestes casos.

Durante muito tempo, o relógio de areia converteu-se numa peça fundamental em numerosas embarcações, porque ajudava a levar a cabo com bastante precisão aquelas que eram medições que os marinheiros tinham que fazer, nomeadamente a distância para Oeste e para Leste, assim como a longitude. Desta forma, optaram por fazer uso do dito instrumento em vez de outros que usavam até então e que eram muito menos precisos. Referimo-nos, por exemplo, à clepsidra.

Dito isto, por exemplo, sabe-se que durante a viagem que fez Diego de Magallanes na sua volta ao mundo, todas as embarcações que participavam na expedição dispunham de várias ampulhetas para realizar o controlo absoluto do tempo.
Actualmente, como é de imaginar com o avanço da ciência e a realização de propostas muito mais modernas e funcionais, os relógios de areia deixaram de se usar, excepto, basicamente em alguns jogos de mesa.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

CSS

O acrônimo CSS corresponde à expressão em inglês Cascading StyleSheets, que pode ser traduzida como “folhas de estilos...

Conceito de

cronoleto

É conhecida como linguagem natural a forma de linguagem que, provida de uma sintaxe e sujeita a vários princípios e regras, é...

Conceito de

cromossomo

Um cromossomo é uma estrutura condensada do DNA (ácido desoxirribonucleico) presente nas células que aparece em números...

Conceito de

cristal

O conceito de cristal vem do latim “crystallu”, que por sua vez procede do grego “krýstallos”. Cristal...

Conceito de

cripta

Um vocábulo da língua grega chegou ao latim como “crypta”, que passou para a nossa língua como cripta. O conceito...

Conceito de

criptograma

Criptograma é a mensagem que foi escrita usando algum tipo de chave. A etimologia da palavra remonta ao idioma grego:...

Conceito de

criogenia

O conceito de criogenia se refere às técnicas e práticas que são realizadas usando temperaturas muito baixas. A criogenia é...

Conceito de

criminologia

A criminologia é a especialidade científica dedicada à análise das causas e do contexto dos crimes. Este ramo das ciências...

ARQUIVOS