Conceito.de

Conceito de renda

Renda é a utilidade ou o benefício que rende algo ou aquilo que se cobra do mesmo. O termo, que deriva do latim reddĭta, pode ser usado como sinónimo de rendimento em algumas circunstâncias. Exemplos: “Há dois anos, comprei um apartamento junto à praia e, hoje, obtenho uma renda de quinhentos euros mensais”, “A renda anual do investimento é bastante vantajosa”.

A renda também pode ser o lucro que se obtém pelo aluguer de um bem imóvel (uma casa, um apartamento, uma loja, etc.) ou de um dinheiro que se põe a render sob a forma de poupança, num banco, ou até a pensar na reforma (poupança reforma). Quanto mais tempo se deixa o dinheiro a render, maior é o lucro. Contudo, se levantarmos o dinheiro antes do prazo previsto, somos penalizados, ou seja, não obtemos qualquer lucro.

Dá-se o nome de renda ao tipo de investimento com direito a uma remuneração paga em diferentes períodos. A renda fixa é aquela que não sofre alterações nos diversos períodos e que é paga em intervalos pré-definidos, ao passo que a renda variável pode sofrer alterações dependendo das circunstâncias (bolsa de valores, etc.).

Chama-se renda nacional ao PNB, isto é ao Produto Nacional Bruto, que representa os bens e serviços produzidos por factores de produção de uma nação. Regra geral, os países mais desenvolvidos têm um PNB superior ao Produto Interno Bruto (PIB).

A renda per capita (por pessoa ou por cabeça) indica o grau de desenvolvimento económico de um país ou de uma região. Na prática, somam-se os salários de toda a população e divide-se pelo número de habitantes dessa zona, isto, uma vez por ano. Esta renda permite saber se as pessoas vivem acima, abaixo ou dentro das suas possibilidades.

Por fim, a renda vitalícia é um rendimento mensal para o resto da vida, para benefício próprio ou para terceiros. Geralmente, é um produto (aplicação financeira) que se obtém junto das seguradoras. Investe-se hoje, colocando dinheiro de lado (a render) para garantir o benefício de uma renda mensal no futuro. É uma modalidade de protecção, podendo ser útil a partir do momento em que a pessoa deixa de poder trabalhar (por já não estar em idade activa ou por invalidez, etc.), por exemplo, e, por conseguinte, de receber um salário.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

cofator

Um cofator é um fator que, ao juntar-se a outro ou a outros, favorece o desenvolvimento de algo. Deve-se lembrar que um fator é...

Conceito de

cólera

O conceito de cólera pode ser usado com referência à raiva, fúria ou ira. Por exemplo: “A gozação do jovem provocou a...

Conceito de

colchão

O termo colchão refere-se a um elemento de forma retangular fabricado com materiais elásticos ou macios e que, localizado em...

Conceito de

coenzima

Coenzimas são componentes de enzimas. São substâncias orgânicas não proteicas que participam de reações catalisadas por...

Conceito de

colapso

O termo latino “collābi” que pode ser traduzido como cair, derivou na palavra “collapsu”. Essa palavra...

Conceito de

colágeno

O colágeno é uma proteína encontrada nos ossos, cartilagens e tecido conjuntivo. Secretado por certas células e presente em...

Conceito de

coincidência

Coincidência é o ato e o resultado de coincidir: acontecer ao mesmo tempo, estar de acordo, convergir. Coincidência também...

Conceito de

coexistência

Coexistência é a situação que ocorre quando um sujeito ou uma coisa existe ao mesmo tempo que outro ou outra. Coexistir, em...

ARQUIVOS