Conceito.de

Conceito de ritmo

Do latim rhythmus, o ritmo é uma ordem cadenciada na sucessão das coisas. Trata-se de um movimento controlado ou calculado que se produz pela ordenação de elementos diferentes.

O ritmo pode definir-se como a combinação harmoniosa de sons, vozes ou palavras, incluindo as pausas, os silêncios e os cortes necessários para que soe de forma agradável para os sentidos.

As artes encontram, portanto, no ritmo uma das suas principais características. No caso da música, o ritmo é a proporção existente entre o tempo de um movimento e o de outro diferente. A organização das cadências, os compassos, a batida e os acentos determinam a forma como o ouvinte irá captar o ritmo e, por conseguinte, a estrutura da obra.

O ritmo, também conhecido como ritmo musical, pode possuir tempos fortes e fracos, assim como tempos longos ou curtos. E ainda que um ritmo seja mais lento, ele continua tendo um movimento constante e simétrico, do mesmo modo que acontece com os ritmos mais rápidos.

A literatura (tanto a narrativa como a poesia) tem o seu ritmo na escolha das palavras e no equilíbrio das orações. Por exemplo: uma sucessão de palavras com sílabas longas e orações extensas fará que a obra tenha um ritmo lento.

Nisso, temos o que é conhecido como “prosódia”, uma parte da linguística que estuda os atributos da fala, tais como o ritmo, o acento da língua falada, entre outros. Em outras palavras, ela alastra-se com a emissão das palavras de forma correta tendo como base a posição da sílaba tônica num discurso.

O ritmo também se pode denotar nos processos naturais como a sucessão periódica de fenômenos geofísicos. As marés oceânicas e os meses lunares estão relacionados com processos rítmicos.

Na linguagem do dia-a-dia, tende-se a associar o ritmo à velocidade à qual se vive: “As minhas férias tiveram um ritmo frenético: percorri cinco países e não fiquei mais de dois dias em cidade nenhuma”, “Gosto de ir até à aldeia para visitar os meus avós, pois vivem a um ritmo muito mais sereno e posso descansar”.

Há também que faça uso do termo “ritmo” para definir a velocidade com a qual se realiza uma atividade física: “fiz três séries de abdominais, comecei num ritmo devagar, mas depois fui aumentando”.

Por fim, temos o emprego do termo “ritmo” na medicina em “ritmo cardíaco”, quando nos referimos ao movimento que faz o coração para bombear sangue. Esse movimento acontece devido ao fluxo de sangue que há ao longo de todo o organismo humano ou animal.

O processo pelo qual o coração se contraí, impulsionando o sangue, é chamado de sístole e há outro movimento que complementa esse que é chamado de diástole, que é quando o coração relaxa, onde o sangue volta a enchê-lo. E daí todo o processo começa novamente. E para que o coração esteja funcionando corretamente, é necessário que o ritmo de ambos os movimentos ocorram de maneira adequada, do contrário ocorrerá uma arritmia que, se persistente, pode provocar danos ao coração e causar um infarto, o que pode levar uma pessoa a óbito.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

deambulação

Chama-se deambulação ao ato de deambular: mover-se sem rumo nem direção. Deambular pode estar associado a vaguear. Por...

Conceito de

dardo

O termo frâncico “darodh” chegou ao francês como “dard” e deu origem ao termo português dardo. É uma...

Conceito de

dano ambiental

Dano é o resultado de danificar (prejudicar, ferir, provocar um dano). Ambiental, por outro lado, é tudo ligado ao meio...

Conceito de

doca

A etimologia de doca nos leva a um vocábulo da língua holandesa “doke” que pode ser traduzido como bacia. O termo...

Conceito de

dança contemporânea

Dança é ato de dançar, que pode ocorrer de várias maneiras. O contemporâneo, por outro lado, é o que faz parte do tempo em...

Conceito de

damasco

O conceito de damasco pode ser usado de diferentes maneiras. Um dos usos mais comuns está relacionado ao fruto de uma árvore...

Conceito de

donzela

A noção de donzela vem de “dominicella”, um vocábulo do latim vulgar que significa senhorinha. O conceito tem...

Conceito de

lesado

Lesado é um adjetivo usado para descrever alguém que sofreu danos significativos. O termo deriva do verbo lesar: causar danos,...

ARQUIVOS