Conceito.de

Conceito de ritmo sinusal

A ordem que permite organizar uma sucessão de coisas através da repetição de ciclos em certos intervalos temporais conhece-se pelo nome de ritmo. Sinusal, por sua vez, é aquilo que está relacionado com um nódulo do tecido cardíaco ou a um seio.

A noção de ritmo sinusal é usada na medicina para designar o batimento do coração considerado normal. Trata-se de um valor de referência que se pode medir através de um eletrocardiograma e que se associa à idade e a outros fatores.

O ritmo sinusal é um ritmo cardíaco muito frequente e que tem início no nó sinusal. Sua frequência normal é maior que 60 bpm e menor que 100 bpm.

Como dito, tal estímulo surge no próprio coração, na região conhecida por nó sinusal (ou também conhecida como nodo sinusal) que fica na parte superior do coração. Tais estímulos são produzidos de forma continua e os mesmos viajam por todo o coração, realizando o movimento de contração dos músculos cardíacos.

Quando ocorre uma variação na taxa ativa do nó sinusal, então acontece a chamada arritmia sinusal.

Uma arritmia se trata de uma alteração no ritmo cardíaco. Nesse caso, uma alteração no ritmo sinusal. E a mesma é identificada através do exame eletrocardiograma (ECG).

O ritmo cardíaco é disposto com base nos batimentos do coração. Por tanto, se por algum motivo esse ritmo sofre uma alteração, então isso é conhecido como arritmia.

Uma arritmia sinusal é algo fisiológico e não requer que seja feito nenhum tipo de tratamento. Uma vez que ela é benigna. Porém, em alguns casos ela pode significar algo mais preocupante.

Existe um tipo de arritmia conhecida como “fibrilação atrial” e ela tem como consequência o acidente vascular cerebral (AVC). Para evitar esse tipo de arritmia é importante manter o ritmo sinusal normal.

O que acontece aqui é uma espécie de descompasso, ou seja, o coração começa a bater de forma regular, mas num determinado momento ele tem um batimento de forma isolada e inesperada. Esse problema pode não ser muito grave, no entanto se acontecer de maneira frequente pode provocar sintomas como tonturas e outros, devendo ser analisado por um cardiologista.

O coração que bate com ritmo sinusal desenha cinco ondas diferentes no eletrocardiograma com cada batida. Estas ondas geram-se numa ordem, com um tamanho relativo e durante intervalos específicos. Quando as ondas se desviam do ritmo sinusal, é provável que releva a existência de alguma patologia cardíaca. De qualquer forma, os profissionais sabem que há mudanças de ritmo que podem se considerar normais de acordo com o contexto.

O ritmo sinusal contempla uma media de entre sessenta e cinco batidas por minuto. As ondas que desenham as batidas no eletrocardiograma identificam-se com as letras P, Q, R, S e T: de acordo com a análise destas ondas, também se pode estudar o ritmo sinusal.

A série QRS, precedida por P, tem que se estender entre os oitenta e os cem milissegundos. PR, por sua vez, deve durar entre 120 e 200 milisegundos. Estes e outros parâmetros revelam se o coração do paciente bate em ritmo sinusal.
É importante ter em conta que, ainda que o ritmo sinusal revelado por um eletrocardiograma seja normal, essa característica não descarta a existência de patologias.

Nesse caso, o especialista médico pode solicitar um exame conhecido por ecocardiograma. Tal exame analisa o funcionamento e as características do coração.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

deflator

No campo da economia, o termo deflator refere-se a um coeficiente que é usado para o desenvolvimento do procedimento de...

Conceito de

degeneração

Degeneração, um termo derivado do latim “degeneratiōne”, refere-se ao ato e ao resultado de degenerar. Por outro...

Conceito de

defunção

O conceito de defunção, cuja raiz etimológica se encontra no vocábulo latino “defunctiōne”, refere-se ao...

Conceito de

deflexão

A ideia de deflexão, proveniente da palavra latina “deflexiōne”, é usada no campo da física para nomear o ato de...

Conceito de

decocção

A etimologia de decocção nos leva à língua latina: “decoctiōne”. Decocção é o ato e a consequência de...

Conceito de

deflagração

A deflagração é o processo e o resultado da deflagrar. Este verbo, que deriva da palavra latina “deflagrāre”,...

Conceito de

deduzir

O verbo deduzir, que vem da palavra latina “deducĕre”, pode se referir a tirar uma conclusão a partir de...

Conceito de

descoloração

O conceito de descoloração refere-se ao ato e ao resultado de descolorar. Este verbo, por sua vez, refere-se a suavizar ou...

ARQUIVOS