Conceito.de

Conceito de coração

Escutar o artigo

Coração é um órgão do corpo responsável por ajudar no transporte de sangue para todo o organismo, fazendo o bombeamento. Acredita-se que o termo venha do latim vulgar “coratione”.

coração
A principal função do coração é realizar o bombear do sangue

Esse órgão é oco e composto em sua maioria por musculo cardíaco, integrando o sistema cardiovascular.

Localizado na região entre os pulmões, chamada de mediastino, ele se divide em dois lados, chamados de átrios, sendo que no átrio esquerdo é por onde passa o sangue arterial (que é rico em O2) e no direito é por onde passa o sangue venoso (que é rico em CO2). O sangue passa em simultâneo por esses átrios.

É chamada de cardiologia o ramo da medicina que trata de doenças relacionadas ao coração. E aquele que nela se especializa é chamado de cardiologista.

Características do coração

Enquanto o peso do coração é em torno de 340 gramas nos homens, o peso é ligeiramente menor nas mulheres. Já no caso dos animais esse peso pode variar de acordo com o seu tamanho, onde um cachorro, por exemplo, teria um coração com 40 a 600 gramas. A parte onde o batimento cardíaco é ouvido é chamado de ápice.

Por dia, o coração consegue bombear 70 mil litros de sangue, enviando-o por todo o organismo.

Como a principal função do coração é fazer o bombeamento do sangue, logo, isso explica o motivo dele possuir uma estrutura muscular.

O coração é composto por átrio esquerdo e direito e ventrículo esquerdo e direito.

Enquanto os átrios atuam recebendo o sangue proveniente de diversas partes do corpo, coletando esse, os ventrículos são responsáveis por fazer o bombeamento do sangue até outras áreas do corpo, sendo que esses bombeiam o sangue para os pulmões por meio da válvula pulmonar. E todo o sangue vai até o coração por meio das veias.

O coração então executa a tarefa de bombear o sangue em quatro partes separadas, que são as quatro cavidades mencionadas: dois átrios e dois ventrículos.

Existem câmaras feitas de músculos que empurram o sangue para frente quando comprimido nas seções. A espessura do músculo varia de acordo com a circunferência de cada uma das câmaras. A parede do ventrículo esquerdo é a parte com o músculo mais espesso, pois é o local onde mais ocorre o bombeamento.

Com o sangue chegando ao coração pelas veias, ele começa a preencher os átrios de paredes finas em ambos os lados do coração. O sangue bombeado para os ventrículos, que têm uma estrutura muscular espessa, também é bombeado para as artérias pelos ventrículos.

Túnicas do coração

As paredes do coração são constituídas do que se chamam de túnicas ou paredes, as quais são três:

Miocárdio: essa é a camada mais espessa do coração e que se responsabiliza pela contração desse. Nessa túnica as células cardíacas são dispostas em camadas. Essa camada está sobre as câmaras do coração, onde a mesma é mais fina nos átrios e mais espessa nos ventrículos;

Endocárdio: essa membrana é a responsável por revestir os ventrículos e os aurículas, sendo ainda integrante das válvulas cardíacas. Essa camada é composta por endotélio e que se dispõe sobre a camada subendotelial;

Pericárdio: camada de tecido conectivo fibroso que é constituído de uma camada externa (parietal) e uma camada interna (visceral), revestindo todo o coração.

Tempo do batimento cardíaco

Cada vez que o coração realiza uma batida, os dois átrios se contraem ao mesmo tempo e começam a bombear sangue para os ventrículos. Em seguida, os ventrículos são contraídos.

Isso acima acontece com um sistema de temporização elétrica ou que se chama de impulso do marca-passo (nó sinoatrial), que é o ponto focal que fica no átrio direito do coração, sendo fundamental para controlar o trabalho do coração e que permite a contração dos átrios.

Ciclo cardíaco

Quando acontece um ciclo cardíaco, então as quatro camadas do coração passam pela sístole e diástole. E assim a pressão arterial nos circuitos pulmonares tem oscilações.

O sangue limpo pelos pulmões passa pelas veias pulmonares e chega ao átrio esquerdo, depois indo para o ventrículo esquerdo do coração.

Aqui acontece que o átrio esquerdo se contrai e passa pela válvula mitral, permitindo que o sangue encha o ventrículo esquerdo. Nesse caso, o ventrículo esquerdo se contrai e é fechada a válvula mitral, e o sangue começa a se dispersar pela valva aórtica e é levado aos tecidos como sangue limpo. O sangue respirado com oxigênio retorna ao coração através da veia cava inferior e da veia cava superior, juntamente com as grandes veias, em seguida enche-se o átrio direito e passa da válvula tricúspide para o ventrículo direito com a contração do átrio.

Com a contração do ventrículo direito, o sangue é enviado para os pulmões pelas artérias. Nessa hora, o sangue limpo passa outra vez pelas veias, atinge o coração e se dispersa pelo corpo. E assim é que acontece um ciclo.

A cada minuto, entre 5 a 8 litros de ar adentram e saem dos pulmões e três décimos de litros de oxigênio vão para o sangue partindo dos alvéolos, com isso possibilitando que se absorva oxigênio e se libere dióxido de carbono.

Coração em sentido figurativo

conceito de coração
Em sentido figurativo, coração pode descrever algo relacionado a sentimento

Mas o termo coração é usado ainda em sentido figurativo, descrevendo uma demonstração e amor ou afeto (“meu coração vibra de alegria quando te vê”) ou descrevendo algo central num ambiente “a cozinha é o coração da casa”). O termo é usado ainda quando uma pessoa quer chamar risonhamente a outra: “Bom dia, coração”.

 

Citação

SOUSA, Priscila. (24 de Junho de 2022). Conceito de coração. Conceito.de. https://conceito.de/coracao