Conceito.de

Conceito de aurícula

O termo aurícula pode ser usado em diferentes áreas. No campo da anatomia, chama-se aurícula à cavidade que existe no coração, onde o sangue chega através dos vasos sanguíneos.

Também conhecidas como átrios, as aurículas no coração do ser humano são duas cavidades localizadas na parte superior do órgão, acima dos ventrículos.

O sangue carbo-oxigenado, depois de passar pelo organismo, entra na aurícula direita do coração através das veias cavas. Através da válvula tricúspide, o sangue passa da aurícula direita para o ventrículo direito e depois, através da válvula pulmonar, para a chamada artéria pulmonar. Nesta etapa, os pulmões oxigenam o sangue e o fluído retorna ao coração através das veias pulmonares.

O sangue já oxigenado entra então na aurícula esquerda e, através da válvula mitral, passa para o ventrículo esquerdo. Finalmente, a artéria aorta é responsável por transportar o sangue para o resto do corpo.

Deve-se notar que o número de aurículas no coração depende da espécie. Foram encontrados moluscos, por exemplo, que têm quatro aurículas, o dobro do número no coração humano. Portanto, não se pode dizer que o coração em geral tem um número X de aurículas, já que os dados estão diretamente ligados à espécie.

Para a botânica, a aurícula é a extensão da região inferior do limbo, a parte mais alargada das folhas. É um lóbulo do tipo foliáceo, localizado ao lado do pecíolo.