Conceito de sacro


Mar 02, 16

Sacro é um termo que pode ser usado de diferentes maneiras. Para a anatomia, é o nome de um osso composto por vértebras unidas entre si que, ao articularem-se com outros ossos, constitui a pélvis. Por extensão, qualifica-se como sacro aquilo relacionado com esta zona do corpo, situada na parte inferior da espinha dorsal /coluna vertebral).

No caso do ser humano, o sacro é um osso que se forma a partir de cinco vértebras (denominadas vértebras sacras) que estão soldadas e compõem uma estrutura piramidal-quadrangular.

O osso sacro dispõe de quatro faces (duas laterais, uma posterior e uma anterior), um vértice e uma base. Localiza-se acima do cóccix e ajuda a constituir a pélvis e a coluna vertebral. A sacrolombar, o grande dorsal, o piramidal e o ilíaco são alguns dos músculos que se inserem no sacro.

Sacro, por outro lado, é um adjectivo que menciona aquilo que é sagrado (aquilo que, por ter alguma relação com uma divindade, é venerado e respeitado), daí a expressão “arte sacra”. Exemplos: “A arte sacra consta entre as manifestações culturais mais importantes da época medieval”, “Não devemos permitir actos semelhantes num lugar sagrado”, “No templo aprendemos sobre a história sacra”.

Dá-se o nome de arte sacro, neste sentido, às obras que são realizadas para prestar culto ao divino. É importante destacar que a arte sacra não só abarca manifestações do catolicismo, como ainda existe arte sacra budista e arte sacra muçulmana, entre outros.

Por último, o Sagrado Colégio, igualmente conhecido sob o nome de Colégio dos Cardeais, é a instituição da Igreja católica formada pela totalidade dos cardeais. O Sagrado Colégio tem a responsabilidade de eleger cada novo Papa.