Conceito.de

Conceito de taxonomia

Taxonomia tem origem num vocábulo grego que significa “ordenação”. Trata-se da ciência da classificação aplicada à biologia para a ordenação sistemática hierarquizada dos grupos de animais e de vegetais.

A taxonomia biológica faz parte da biologia sistemática, dedicada à análise das relações de parentesco entre os organismos. Uma vez identificada a árvore filogenética do organismo em questão e conhecidos os respectivos ramos evolutivos, compete à taxonomia estudar as relações de parentesco.

Existem diferentes posturas relativamente à taxonomia, ainda que, em geral, se defenda que a sua função inicia quando já está definida a filogenia dos táxones. Por isso, a taxonomia organiza a árvore filogenética dentro de um sistema de classificação.

A visão mais abrangente entende os táxones como sendo clades (ramos da árvore filogenética, com espécies emparentadas por um antepassado em comum) que já tenham sido atribuídos a uma categoria taxonômica.

O processo da taxonomia prossegue então com a atribuição de nomes (de acordo com os princípios da nomenclatura), a elaboração das chaves dicotómicas e a criação dos sistemas de classificação.

Os táxones permitem classificar os seres vivos a partir de uma hierarquia de inclusão (cada grupo abarca outros menores enquanto está subordinado a um maior). As categorias fundamentais, da mais abrangente à menor, são o domínio, o reino, o filo (ou divisão), a classe, a ordem, a família, o género e a espécie.

Taxonomia trata-se de uma subdisciplina da biologia que é praticada por biólogos que são denominados de taxonomistas. Contudo, existem também naturalistas ou mesmo entusiastas, aqueles que não são especificamente dessa área, que se envolvem em publicações sobre esse tema.

Esse trabalho que é realizado pelos taxonomistas é algo fundamental para se compreender a biologia de modo geral.

quem descreva a taxonomia como a mais antiga profissão que há no mundo, uma vez que a nomeação e classificação do que está ao entorno é descrita como uma das primeiras coisas que o ser humano houvera feito com o intuito de se comunicar. E isso foi crucial para que se soubesse descrever o nome de animais e plantas (definindo quais eram comestíveis e quais eram as venenosas), bem como para repassar essas informações para outras pessoas de um grupo ou círculo familiar.

Foi na escola Essencialista-Lineana que a taxonomia se originou. Essencialista é como é denominado o processo de agrupamento de táxons, sendo um agrupamento realizado por semelhanças compartilhadas. Já o termo Lineana teve origem em Carl Linneaus que foi o responsável por criar o sistema binominal.

Existem os chamados caráteres taxonômicos que se classificam em: caráteres merísticos, caráteres morfométricos, anatômicos e moleculares.

Os merísticos são aqueles que dizem respeito as estruturas externas do corpo, tais como escamas, quantidade de membros, entre outros. Já os morfométricos dizem respeito as medidas como largura, diâmetro e comprimento das estruturas do corpo, sendo que há o detalhe da variação de medida segundo a fase de desenvolvimento do ser vivo. Enquanto isso, os caráteres anatômicos são os que estudam a anatomia dos seres vivos, tais como órgãos, esqueleto, etc. Por fim, os caráteres moleculares tratam-se do DNA (ou ADN) e o RNA dos indivíduos que serão classificados.

Convém destacar que os avanços sobre o conhecimento do ADN e os problemas de biodiversidade constituem grandes desafios para a taxonomia.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

estrume

O primeiro significado de estrume mencionado pela Michaelis em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa alude aos...

Conceito de

estiva

No âmbito da marinha, estiva é o processo que consiste em depositar, da forma mais conveniente, uma carga em uma embarcação....

Conceito de

estaca

Uma estaca é um pau com uma extremidade afiada. Graças a esta particularidade, é um elemento com diferentes utilizações, uma...

Conceito de

esquimó

Esquimó é o nome dado a um povo cujos membros residem na região ártica da América do Norte, Ásia e Groenlândia. De acordo...

Conceito de

arrepiante

O adjetivo arrepiante é usado para qualificar o que arrepia: ou seja, estremece, horroriza ou provoca espanto. O arrepiante gera...

Conceito de

estabelecer

O vocábulo latino “stabiliscĕre”, frequentativo de “stabilīre” que significa tornar estável. Este...

Conceito de

esqueleto

O termo grego “skeletós”, que pode traduzir-se como corpo ressequido, esqueleto chegou ao francês como...

Conceito de

esporádico

O vocábulo grego “sporadikós” que pode ser traduzido como disperso, chegou ao nosso idioma como esporádico....

ARQUIVOS