Conceito.de

Conceito de turbina

Uma turbina é uma máquina formada por uma roda com várias hélices. Ao receber um líquido de forma continuada na sua parte central, a turbina expulsa para a sua circunferência e consegue aproveitar a sua energia para gerar uma força motriz.

Aquilo que uma turbina faz, portanto, é tirar proveito da pressão de um líquido para conseguir que uma roda com hélices de voltas e produza um movimento. Pode-se dizer, por isso, que a turbina é um motor que produz energia mecânica.

As hélices da roda encontram-se na sua circunferência. O líquido que entra na turbina, posto isto, gera a força de tipo tangencial que confere movimento à roda, fazendo-a girar. Um eixo, finalmente, trata de transferir essa energia mecânica para outra máquina ou dispositivo.

É possível distinguir entre uma ampla variedade de turbinas de acordo com o seu funcionamento. Uma turbina eólica, por exemplo, é aquela que aproveita a energia cinética que se encontra no vento para conseguir energia mecânica. As turbinas eólicas eram frequentes nos moinhos.

A turbina hidráulica, por sua vez, trabalha com a energia que está presente num fluido. Graças ao eixo que está associado à roda, esta classe de turbina pode oferecer a energia necessária para mobilizar uma máquina ou para produzir energia eléctrica através de um gerador. As centrais hidroeléctricas, de facto, utilizam turbinas desta classe.

A turbina de gás, por fim, recorre a um gás como fluido para obter a energia necessária para o seu funcionamento.