Conceito de usual


Abr 29, 14

Usual, do latim usuālis, é um adjectivo que qualifica algo que é comum, habitual ou que se usa/faz com frequência. Exemplos: “Quando se vai Paris, o mais usual é visitar a Torre Eiffel”, “É usual neste país que as mulheres usem um véu para taparem o rosto”, “Sair do estado de futebol e ir comer pizza é bastante usual”.

Usual, por conseguinte, relaciona-se com a pouca ou muita frequência nas acções ou nos comportamentos. O seu significado só se pode entender dentro de uma determinada sociedade uma vez que aquilo que é usual dentro de uma comunidade pode ser bastante estranho noutra qualquer.

O facto de dois homens que mal se conhecem se cumprimentem com um beijo na face é usual em muitos países latino-americanos. Porém, esse mesmo hábito é raro noutros sítios.

No Uruguai, por exemplo, caminhar pela rua com uma termos para desfrutar de um mate é bastante usual. Trata-se de um costume que não provoca estranheza nem chama a atenção. No entanto, se um homem beber mate enquanto passeia numa rua americana pode causar estranheza.

As palavras também podem ser consideradas usuais ou pouco usuais. Se alguém disser algo como “O João costuma dizer um monte de disparates”, é uma expressão coloquial que não causa nenhum tipo de estranheza. Diferente seria dizer: “O João costuma pronunciar um acervo de dislates”. Alguns destes termos, como “acervo” ou “dislates”, são pouco usuais na linguagem familiar.

“The usual suspects” (traduzida como “Os Suspeitos do Costume”), por fim, é o título de um filme, cuja estreia foi em 1995 , protagonizado por Kevin Spacey, Gabriel Byrne, Benicio del Toro e Stephen Baldwin.