Conceito de alegoria




Dez 01, 11 Conceito de alegoria

O termo alegoria provém do latim allegorĭa que, por sua vez, deriva de um vocábulo grego. A noção permite referir-se ao tipo de figura de linguagem em que algo representa ou significa outra coisa diferente. Da mesma forma, dá-se o nome de alegoria à obra literária ou artística de sentido alegórico.

Uma alegoria é, neste sentido, um tema artístico ou uma figura literária que permite representar uma ideia abstracta através de outras formas, podendo estas ser humanas, animais ou objectos. Por exemplo, a imagem de uma caveira com dois ossos cruzados é uma alegoria à pirataria. Por outro lado, uma mulher cega com uma balança representa a justiça.

A alegoria não se limita a uma figura literária solitária. Muitas das vezes, compõe um procedimento retórico de maior magnitude, com um sistema de imagens metafóricas que pode dar lugar a obras inteiras. Posto isto, a alegoria permite transmitir conhecimentos através de raciocínios por analogia.

No âmbito das belas artes, uma alegoria é uma representação de ideias abstractas por meio de figuras individuais, grupos de figuras ou atributos. El Bosco e Botticelli, por exemplo, são dois artistas que criaram alegorias de grande reconhecimento público.

Uma alegoria ampla é aquela que compara a vida a um tabuleiro de xadrez (o xadrez da vida). As casas pretas representam a noite, e as brancas correspondem ao dia, ao passo que as pessoas (nós) são meras peças (ou peões) cujos movimentos são limitados. Esta alegoria oferece uma perspectiva sobre as situações hierárquicas que existem na sociedade.