Conceito de cubo


Nov 07, 14

Na geometria, um cubo é um corpo formado por seis faces que são quadradas. A particularidade destes corpos é que todas as faces são congruentes, estão dispostas de forma paralela e aos pares, e têm quatro lados.

Tendo em conta estas características, é possível situar os cubos em diversos grupos. Trata-se de sólidos platónicos, poliedros convexos, paralelepípedos, hexaedros e prismas, todas qualificações que fazem referência a diferentes propriedades dos cubos.

Exemplos: “Na minha prova de geometria, a professora pediu-me que desenhasse três cubos de tamanhos diferentes”, “Comprei uma mesa de café e dois bancos com forma de cubo para a sala de estar”, “O chefe surpreendeu o jurado com um cubo de arroz branco banhado com molho de gengibre e mel”.

Existem numerosos objectos com forma de cubo. Entre os mais habituais destacam-se os dados usados em muitos jogos. Os dados costumam ser cubos que, em cada uma das faces, compreendem um número. Deste modo, quando alguém lança um dado, pode obter seis números diferentes: 1, 2, 3, 4, 5 e 6.

Outros cubos que costumamos usar no dia-a-dia são os cubos de caldo (ou caldos em cubo) e aquele jogo com faces de cores diferentes: “Por favor, chega-me um cubo de galinha, pois quero aromatizar esta sopa”, “De quanto tempo precisas para montar o cubo?”.

Para a matemática, a terceira potência de um número é conhecida como cubo. Isto significa que elevar uma quantidade ao cubo consiste em multiplica-la duas vezes por si mesma: 5 elevado ao cubo é igual a 5 x 5 x 5 (125).