Conceito de medicina




Set 11, 12 Conceito de medicina

O termo medicina provém do latim medicīna e refere-se à ciência que permite prevenir, curar e tratar as doenças do corpo humano. Este termo também é usado como sinónimo de medicamento (do latim medicamentum), que é a substância que permite prevenir, aliviar ou curar as doenças ou as suas sequelas.

A medicina, bem como a farmácia, a enfermagem e outras áreas fazem parte do grupo das ciências da saúde, dedicadas ao diagnóstico, à prevenção e ao tratamento das doenças.

Para exercer a medicina, é necessário tirar um curso nesse sentido que permita obter o grau necessário e a habilitação correspondente. Desta forma, o médico ou doutor admitido está em condições de se tornar num agente de saúde no processo sanitário, estabelecendo uma relação com o agente passivo (o paciente, isto é, a pessoa doente ou que pretende cuidar da sua saúde).

Existem numerosas especialidades dentro da medicina, de acordo com a parte do corpo à qual se dedicam, aos tipos de doenças ou a outros factores que permitem estabelecer a classificação. A cardiologia, por exemplo, trata das afecções cardíacas (do coração) e do aparelho circulatório.

A dermatologia é a especialidade médica que se centra no cuidado e nas doenças da pele. A traumatologia, por sua vez, dedica-se às lesões traumáticas da coluna e às extremidades que afectam os ossos, os ligamentos, as articulações, os músculos e os tendões.

Há outras especialidades que surgem de acordo com a idade do paciente, como a pediatria (dedicada às crianças) e a geriatria (centrada nas pessoas idosas).