Conceito de planeamento financeiro




Mar 06, 12 Conceito de planeamento financeiro

Com vista nos seus objectivos, as organizações e as empresas esboçam planos nos quais detalham as acções requeridas para cumprirem com as suas metas. Ao processo de elaboração, à implementação e ao seguimento dos planos dá-se-lhes o nome de planeamento.

O planeamento financeiro, que procura manter o equilíbrio económico em todos os níveis da empresa, está presente tanto na área operacional como na estratégica. A estrutura operacional desenvolve-se em função do quanto está implicada na estratégia.

A área estratégica é formada pela mercadologia (marketing) e pelas finanças. Cabe à mercadologia formular as alternativas estratégicas do negócio, ao passo que o sector financeiro quantifica as estratégias propostas pela mercadologia.

Por sua vez, a divisão operacional é formada por sectores como a produção, a administração, a logística e o departamento comercial. Todas estas divisões asseguram-se de que as políticas do plano estratégico sejam devidamente aplicadas.

O planeamento financeiro, por conseguinte, serve para proporcionar uma estrutura que vá ao encontro da base de negócio da empresa, através da implementação de uma contabilidade analítica e da realização das demonstrações financeiras.

Graças ao planeamento financeiro, os directores podem quantificar as propostas elaboradas pela mercadologia e avaliar os seus custos.

Posto isto, o planeamento financeiro define o rumo que deve seguir uma organização para alcançar os seus objectivos estratégicos através de um accionar harmonioso de todos os seus integrantes e das respectivas funções. A sua implementação é importante tanto a nível interno como para terceiros que precisem de tomar decisões vinculadas à empresa (nomeadamente, a concessão de créditos, e a emissão ou subscrição de acções).