Conceito de polimorfismo


Mai 23, 15

A noção de polimorfismo refere-se àquilo que dispõe ou que pode adoptar múltiplas formas. O termo também faz referência a uma propriedade capaz de atravessar numerosos estados.

É possível encontrar este conceito em diferentes âmbitos. No sector da química, o polimorfismo designa os compostos e os elementos capazes de adoptar diversas formas sem que seja alterada a sua estrutura natural.

Para a bioquímica, o polimorfismo é um fenómeno que surge quando as proteínas e os ácidos nucleicos podem aparecer com diferentes formas moleculares. Fala-se de polimorfismo genético para designar a existência de diferentes alelos de um mesmo gene, o que implica mudanças na sequência genética entre integrantes de uma certa população.

Há espécies que se caracterizam pelo polimorfismo, uma vez que os seus membros apresentam formas diferentes por algum motivo. Um exemplo típico deste polimorfismo biológico ocorre com as borboletas, as quais, antes de chegarem à idade adulta, se desenvolvem como larvas.

Na informática, o polimorfismo é uma das propriedades dos vírus, os quais, para evitar serem detectados pelo software de segurança, podem mudar certos fragmentos do seu código. Graças a um algoritmo, o vírus pode modificar partes do código, o que faz com que a sua presença seja muito difícil de detectar por parte de um programa antivírus.

Os programadores informáticos também podem recorrer ao polimorfismo na chamada programação orientada para objectos. Neste caso, o polimorfismo permite que uma mesma mensagem seja enviada para objectos de natureza bastante diversa, mas todos eles capazes de dar uma resposta.