Conceito.de

Conceito de aceitação

Com origem no termo latim acceptatĭo, o conceito de aceitação faz referência à ação e ao efeito de aceitar. Este verbo, por sua vez, significa aprovar, dar por certo/válido, consentir ou receber algo de forma voluntária e sem oposição.

A palavra aceitação também pode ser usada como sinónimo de acepção, ainda que, atualmente, o uso deste termo se limite aos diversos significados que possa ter uma palavra conforme o contexto em que estiver inserida.

No âmbito do direito, a aceitação é o ato através do qual se assume uma ordem de pagamento contida num cheque ou numa letra de câmbio, ou seja, é um bom crédito. Por outro lado, a aceitação de herança é o ato, seja expresso ou táctico, pelo qual o herdeiro manifesta a sua vontade de aceitar a herança a que é chamado, assumindo assim os direitos, os bens e os encargos da mesma.

Apesar de todas estas definições, a ideia de aceitação está bastante associada à psicologia e à autoajuda. Neste sentido, o conceito refere-se ao facto de uma pessoa ter de aprender a viver com os seus erros; isto é, tem de aceitar o seu passado. Desta forma, poderá encarar o futuro com uma nova perspectiva e aproveitar as oportunidades que a vida lhe possa proporcionar.

A aceitação também se pode dirigir a outras pessoas, com um sentido semelhante: aceitar os seus erros e os seus equívocos, privilegiando o bem acima de quaisquer questões que possam provocar dor.

Inclusive, a aceitação pode dizer respeito à aprovação física, quando um sujeito tem de aprender a aceitar o seu corpo tal como é e evitar sentir-se deprimido a esse respeito.

Quando uma pessoa que possui algum tipo de deficiência física ou limitação intelectual, por exemplo, aceita-se como é, vivendo plenamente feliz assim, então ela faz um processo de aceitação, se amando desse seu modo.

Mas a aceitação vai muito além disso, muito além do físico, um exemplo seria um estudante que é mais lento do que os demais em sala de aula, ele sentirá uma pressão imensa para conseguir alcançar os demais ou pode ter aceitação, aceitando suas limitações nesse sentido, e seguir no seu ritmo, mas com constância.

E aceitar-se como é não significa que a pessoa não deva evoluir, muito pelo contrário. A aceitação é quando você aceita que é como é, que as coisas são como são, mas você desenvolve um pensamento estratégico, conseguindo lidar com diversas situações em sua vida de forma a evoluir. Esse processo não é algo fácil, contudo é fundamental para quem busca evoluir nas diferentes áreas da vida.

Quando uma pessoa não consegue lidar com um acontecimento em sua vida, agindo como se aquilo não tivesse acontecido, então é dito que essa pessoa está em negação. A negação é o contrário da aceitação.

Muitas das vezes a negação acontece de maneira inconsciente e trata-se de um mecanismo de defesa. Essa negação também acontece quando uma pessoa tem algum sentimento, mas nega-se em aceitá-lo, por exemplo: “soube que Paulo tem sentimentos de amor pela Bruna, todos veem os sinais, mas ele segue em negação, escondendo esse amor com medo de se ferir novamente”.