Conceito.de

Conceito de anónimo

Anónimo é um conceito que deriva da língua grega e que se pode traduzir como “sem nome”. Este adjectivo pode aplicar-se a qualquer obra em que não consta o nome do seu criador ou autor.

Exemplos: “O dramaturgo anunciou que porá em cena a sua própria versão do famoso texto anónimo do século XV”, “É um conto anónimo que foi transmitido de geração em geração”, “Nas aldeias medievais, era hábito cantarolar-se canções anónimas que narravam as tarefas de lavrar a terra”.

Um autor anónimo é aquele cujo nome se desconhece: “Um livro de autor anónimo venceu a nova edição do Prémio Nobel”, “Recebi um guião de um autor anónimo que mexeu bastante comigo”, “Um romancista anónimo foi finalista no concurso literário organizado pelo município”.

Outro uso da noção está relacionada com a carta ou a mensagem que não tem assinatura e que, de uma forma geral, inclui conteúdos ofensivos ou ameaçadores: “Estou desesperada: na noite passada, recebi uma mensagem anónima onde me pediam para não insistir com a minha denúncia”, “Todos nós nos rimos ao ler o recado anónimo que acusava o Miguel de não tomar banho com frequência”, “A polícia está a investigar a origem da carta anónima a ameaçar de morte o presidente”.

No âmbito do comércio, por fim, uma sociedade anónima é aquela que se forma por acções e cuja responsabilidade está circunscrita ao capital que estes títulos representam. Isto significa que os titulares da sociedade mercantil têm direitos correspondentes à sua participação no capital social através das acções.