Conceito.de
Conceito de

Criptografia

Criptografia, que evoluiu com o avanço tecnológico, é um pilar fundamental na segurança da informação.

criptografia
A criptografia abarca o processo de codificação e decodificação

Esse, que é um processo onde ocorre a codificação e a decodificação de mensagens, cumpre um papel essencial na proteção de dados sensíveis, assegurando a confidencialidade, integridade e a autenticação das informações.

Falando de modo mais simples, a criptografia consiste em cifrar a escrita privada a fim de fazer com que ela se torne ininteligível para terceiros (aqueles sem acesso às convenções combinadas).

Atualmente, existe uma certa exigência quanto a isso no contexto da internet, onde sites devem possuir criptografia, garantindo mais segurança aos usuários. Essa criptografia ajuda a proteger os dados que um usuário troca com um site, prevenindo que usuários não autorizados acessem os mesmos. E ela protege a transmissão e o armazenamento de dados.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • A criptografia é essencial no cenário digital atual, protegendo a privacidade e a confidencialidade da informação ao longo da transmissão de dados.
  • Existem dois tipos principais de criptografia: simétrica (onde uma única chave é usada tanto para criptografar quanto para descriptografar a informação) e assimétrica (onde um par de chaves é usado, sendo uma pública e uma privada).
  • Funções de hash e autenticação são vitais na criptografia, assegurando a integridade e a autenticidade dos dados durante a troca de informações.
  • Aplicações da criptografia variam desde protocolos e ferramentas de segurança digital, como SSL/TLS e PGP, até o uso em criptomoedas e tecnologia blockchain.

Importância e aplicação no mundo moderno

Em um mundo onde o digital se faz cada vez mais presente, com a comunicação acontecendo em frações de segundo, a essencialidade da criptografia se destaca. Ela convém como um escudo virtual, protegendo os dados contra os olhares indiscretos e garantindo que apenas os destinatários, autorizados, decifrem a mensagem.

Seja no caso de transações financeiras, comunicações corporativas ou na trocas de dados pessoais, a criptografia se trata da guardiã da privacidade, favorecendo a confidencialidade.

A criptografia busca obter diversos objetivos, sendo alguns deles:

  • Confidencialidade: com isso se garante que apenas os destinatários autorizados acessem a informação;
  • Integridade: assegurando que os dados não sejam alterados no momento da transmissão;
  • Autenticação: havendo aqui a verificação da identidade das partes envolvidas;
  • E não repúdio: o que impede que uma parte das envolvidas no processo negue a sua participação na comunicação.

Os tipos de criptografia

Existem dois tipos de criptografia tidas como as principais: simétrica e assimétrica.

Criptografia simétrica

Na criptografia simétrica, existe apenas uma única chave que é usada para criptografar e para descriptografar a informação. E essa chave é compartilhada entre o emissor e o destinatário.

Algoritmos importantes em tal caso incluem DES (Padrão de Encriptação de Dados), AES (Padrão de Encriptação Avançada) e também TDES (Encriptação Tripla de Dados). O desafio está na segurança da chave compartilhada entre as partes, exigindo mecanismos robustos para sua proteção.

Criptografia assimétrica

Já a criptografia assimétrica é caracterizada pela presença de um par de chaves: chave pública e privada. Algoritmos que se destacam nesse caso são o RSA (Rivest–Shamir–Adleman) e a Criptografia de Curva Elíptica (ECC).

A chave pública é divulgada, o que possibilita que qualquer indivíduo envie mensagens criptografadas, ao passo que apenas aquele que possui a chave privada é capaz de descriptografá-las.

Funções de hash

As chamadas de funções de hash exercem um papel vital para garantir a integridade dos dados. Algoritmos como no caso do SHA e MD5, e as suas variantes, convertem dados numa sequência alfanumérica única. Isso permite verificar se os dados foram modificados, pois qualquer alteração resultaria numa hash completamente diferente.

Autenticação e HMAC

A autenticação se traduz em um componente crítico no processo de troca de informações. HMAC, com base em funções de hash, assegura a autenticidade e a integridade dos dados, sendo bastante utilizado nos sistemas que exigem validação rigorosa.

Protocolos e ferramentas da criptografia

conceito de criptografia
A criptografia usa diferentes protocolos e ferramentas em seu processo

Vários protocolos e ferramentas incorporam criptografia a fim de reforçar a segurança digital.

Protocolo SSL/TLS

O SSL/TLS (Secure Sockets Layer/Transport Layer Security) criptografa a comunicação existente entre o navegador e o servidor web. E com isso se assegura a confidencialidade das informações transmitidas, ressaltando dados sensíveis como senhas e também números de cartões de crédito.

PGP e GPG

Pretty Good Privacy (PGP) e GNU Privacy Guard (GPG) se tratam de sistemas de criptografia de e-mail. Esses sistemas usam criptografia de chave assimétrica. Tais sistemas conferem privacidade e autenticidade em comunicações eletrônicas.

VPNs e IPSec

Redes Privadas Virtuais (VPNs) e o Protocolo de Segurança IP (IPSec) fazem a cripgrafia do tráfego de dados nas redes. E com tal processo, a informação é transmitida de maneira segura através da internet.

Cartões Inteligentes e HSMs

Cartões inteligentes e também os Módulos de Segurança de Hardware (HSMs) se tratam de dispositivos físicos que guardam chaves criptográficas. Com isso e tem uma camada adicional de segurança.

Criptomoedas e blockchain

A ascensão das criptomoedas, como é o caso do Bitcoin, está intrinsecamente ligada à criptografia e à tecnologia blockchain. A criptografia ajuda a proteger as transações, ao passo que a blockchain, que é livro-razão descentralizado, concede transparência e imutabilidade.

Desse modo, a criptografia seria algo como uma espécie de guardiã digital, protegendo as comunicações e transações num mundo cada vez mais interconectado.

Os métodos e aplicações passaram por evoluções ao longo do tempo, moldando a segurança da informação no contexto digital. Dispondo de algoritmos robustos, protocolos de elevada segurança e ferramentas inovadoras, a criptografia segue a ser a peça crucial na preservação da privacidade e da integridade das informações.

Citação

SOUSA, Priscila. (8 de Dezembro de 2023). Criptografia - O que é, importância, tipos e funções. Conceito.de. https://conceito.de/criptografia