Conceito de banco de investimento


Set 20, 13

O conceito de banco admite várias acepções. Um deles diz respeito ao conjunto dos bancos e dos banqueiros. O banco (ou a banca), por conseguinte, pode referir-se às entidades que se dedicam a facilitar o financiamento.

Investimento, por outro lado, é um conceito económico vinculado à colocação de capital para conseguir rendimentos futuros. Isto significa que o investidor abdica de um lucro imediato por um lucro futuro que, apesar de improvável, em princípio, deverá ser superior ao actual. O investimento contempla três variáveis principais: o rendimento esperado (quanto dinheiro se espera ganhar), o risco (que probabilidade existe de obter os ganhos esperados) e o tempo (quando se conseguirá esse ganho).

Entende-se por banco de investimento qualquer entidade especializada na obtenção de dinheiro ou de outros recursos financeiros para que as empresas privadas ou os governos possam realizar investimentos. Esses instrumentos financeiros são obtidos pelo banco de investimento através da emissão e comercialização de valores (títulos) nos mercados de capitais.

É habitual o banco de investimento também oferecer serviços de consultoria para o desenvolvimento de aquisições, fusões ou divisões.

Os regulamentos de funcionamento do banco de investimento variam conforme o país. Regra geral, as autoridades tendem a outorgar licenças especiais para este tipo de bancos, sem que possam operar de forma simultânea como bancos comerciais. Posto isto, o banco de investimento não pode captar depósitos.

A crise financeira que estalou nos Estados Unidos, em 2008, foi causada principalmente pela falência de muitos bancos de investimento, como Lehman Brothers.