Conceito.de

Conceito de biomoléculas

Conhece-se pelo nome de biomoléculas as moléculas que constituem os organismos vivos. Uma molécula, por sua vez, é a unidade mais pequena de uma substância que mantém as suas propriedades químicas.

O oxigénio, o hidrogénio, o carbono, o nitrogénio, o enxofre e o fósforo são os bioelementos (isto é, os elementos químicos de que precisam os seres vivos para se desenvolverem normalmente) mais comuns das biomoléculas. Estes elementos químicos possibilitam que se estabeleçam elos covalentes e múltiplos, permitem que os átomos de carbono desenvolvam esqueletos tridimensionais e dão lugar a múltiplos grupos funcionais.

E esses bioelementos são essenciais para, por exemplo, a prática de atividades físicas, sendo que cada um possui suas características e oferece uma importante contribuição para isso.

É a bioquímica a área que estuda as biomoléculas e ela tem como objetivo explicar os processos presentes tanto na formação quanto na degradação das biomoléculas.

As biomoléculas podem dividir-se em orgânicas e inorgânicas. As biomoléculas orgânicas dispõem de uma estrutura cuja base é o carbono e são sintetizadas pelos organismos vivos. As proteínas, as vitaminas, os hidratos de carbono, os lípidos e os ácidos nucleicos são biomoléculas orgânicas.

As biomoléculas inorgânicas, por sua vez, estão presentes tanto nos organismos com vida como nos elementos inertes que são necessários para a subsistência/sobrevivência. A água (H2O) é um exemplo de biomolécula inorgânica.

Denominam-se metabólitos primários as biomoléculas que participam em processos vitais essenciais. A ribose, a glucose, as vitaminas B e a frutose estão entre os principais metabolitos primários.

Os metabólitos secundários, por outro lado, procedem das biomoléculas que fazem parte dos metabolitos primários, desenvolvendo funções que complementam as essenciais. Entre eles podemos mencionar os alcalóides, os terpenos e os polipéptidos. Pode-se dizer que os metabólitos secundários são compostos orgânicos que o organismo sintetiza e que não são fundamentais no desenvolvimento e na reprodução.

Em todos os seres vivos, as células são o ponto central dos processos biológicos que lhes ocorrem. E ela é, além da menor, a estrutura mais complexa do homem ou animal, pois ela possui várias estruturas e organelos. E essas células ainda podem se dividir em células procarióticas, que são as mais simples, e células eucarióticas, as mais complexas. É importante mencionar que a célula foi descoberta apenas com o advento do microscópio.

Para que uma célula consiga sobreviver, ela precisa realizar algumas reações metabólicas, tais como: digestão, respiração celular, síntese de proteínas e lipídios, divisão, entre outras. Mas para que tais reações aconteçam são necessárias as biomoléculas. Nas biomoléculas, tem-se como componente mais importante a água, pois ela é neutra e pura. E, como dito, tais moléculas funcionam como partes responsáveis pela construção das células, sendo elas: lipídios, proteínas, água, DNA e RNA (ácidos nucleicos) e carboidratos.

Os ácidos nucleicos (ácido desoxirribonucléico e ácido ribonucléico)são os responsáveis por promover a preservação do DNA nas células e RNA nos retrovírus, também são responsáveis pela síntese proteica e pela ativação dos genes.

É ainda importante mencionar que todas as biomoléculas são essenciais, uma vez que cada uma delas desempenha um papel distinto, complementando-se.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

estrume

O primeiro significado de estrume mencionado pela Michaelis em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa alude aos...

Conceito de

estiva

No âmbito da marinha, estiva é o processo que consiste em depositar, da forma mais conveniente, uma carga em uma embarcação....

Conceito de

estaca

Uma estaca é um pau com uma extremidade afiada. Graças a esta particularidade, é um elemento com diferentes utilizações, uma...

Conceito de

esquimó

Esquimó é o nome dado a um povo cujos membros residem na região ártica da América do Norte, Ásia e Groenlândia. De acordo...

Conceito de

arrepiante

O adjetivo arrepiante é usado para qualificar o que arrepia: ou seja, estremece, horroriza ou provoca espanto. O arrepiante gera...

Conceito de

estabelecer

O vocábulo latino “stabiliscĕre”, frequentativo de “stabilīre” que significa tornar estável. Este...

Conceito de

esqueleto

O termo grego “skeletós”, que pode traduzir-se como corpo ressequido, esqueleto chegou ao francês como...

Conceito de

esporádico

O vocábulo grego “sporadikós” que pode ser traduzido como disperso, chegou ao nosso idioma como esporádico....

ARQUIVOS