Conceito.de

Conceito de caridade

Do latim carĭtas, caridade é uma virtude teologal da religião cristã que consiste em amar a Deus acima de tudo e ao próximo como a si mesmo. Trata-se, portanto, de um amor sem segundos interesses.

Para o cristianismo, a caridade é uma das três virtudes teologais, assim como a fé e a esperança. O cristão ama Deus por Ele mesmo e ao próximo por amor a Deus. A caridade implica que o fim de todas as ações seja o amor.

A partir deste sentido, o conceito de caridade também se utiliza para evocar o auxílio que se presta aos mais necessitados e desfavorecidos. Exemplos: “Bill Gates doou grande parte da sua fortuna para obras de caridade”, “A minha avó, desde que se reformou, tem-se dedicado à caridade”, “Nesta localidade, muitas famílias vivem da caridade”.

O termo “caridade” pode ser usado como sinônimo de filantropia, cuja etimologia remete para o “amor à humanidade”. Pelo amor que sente pelo gênero humano, o filantropo ajuda os outros sem pedir nada em troca e sem ter interesse na resposta do outro. A caridade (ou filantropia) pode desenvolver-se de forma individual, através de um grupo informal ou de uma organização.

A caridade também pode entender-se como sendo a esmola que se dá aos pobres ou, em geral, como a atitude solidária com o sofrimento alheio: “Graças à vossa caridade, esta noite, os meus filhos vão poder ter comida na mesa”, “Na escola, dizem-nos sempre para praticarmos a caridade para com os outros e para sermos solidários”.

As religiões cristãs são conhecidas por realizarem muitas obras de caridade nos locais onde estão estabelecidas e pelo mundo. Obras de caridade são feitas, por exemplo, em locais que foram inundados e devastados pelas chuvas fortes.

Diz-se que quem pratica caridade possui um elevação moral e que essa pessoa é caracterizada como um ser humano bondoso. A caridade, nesse sentido de ajudar as pessoas, também é conhecida como “ajuda humanitária”.

Esse fundamento é embasado no princípio de “amar ao próximo como a si mesmo”, conforme descrito na a bíblia.

Em alguns casos, caridade é ainda entendida como sendo o sinônimo de “amor”, assim, emprega-se o termo “caridade fraternal” como sendo outra tradução para “amor fraternal”.

A caridade fraternal expressa um forte sentimento de carinho de uma pessoa por outra, ao ponto dessa pessoa se dedicar e ter um elevado interesse pela outra. São sentimentos sempre positivos e construtivos, uma característica desse tipo de caridade é que a pessoa pode até mesmo chegar a fazer sacrifícios por outra pessoa, sacrifício que não faria por nenhuma outra pessoa que não ele mesmo.

No entanto, alguns cristãos defendem que amor não é a mesma coisa que caridade, pois antes mesmo da caridade existir o amor já existia. Logo, existe essa controvérsia nesse meio.

Caridade também pode referir ao sobrenome de uma pessoa, seja do sexo masculino ou feminino, por exemplo: “Maria Caridade” ou “Marcelo Caridade”, ou mesmo ao nome de uma pessoa do sexo feminino: “ele me disse que o nome dela é Caridade”.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

entorse

Uma entorse é uma lesão que ocorre quando uma articulação ou ligamento é torcido ou esticado de forma abrupta e excessiva,...

Conceito de

esforço

O conceito de esforço é usado com referência ao uso intenso de força, vigor ou mente para atingir um objetivo ou superar...

Conceito de

esfera

A etimologia de esfera nos leva ao latim “sphaera”, derivado da palavra grega “sphaĩra”. O conceito é...

Conceito de

escama

O termo escama, procedente do vocábulo latino “sqama”, refere-se a uma lâmina epidérmica ou dérmica que cobre,...

Conceito de

essencial

O adjetivo essencial provém do vocábulo latino “essentiāle”. O conceito refere-se ao que está ligado à...

Conceito de

esquadrinhar

Esquadrinhar é o desenvolvimento de uma análise ou um exame detalhado de algo, buscando compreender seu funcionamento ou suas...

Conceito de

escolástica

O vocábulo grego “skholastiké” (da escola) chegou ao latim como “scholastĭca” e derivou em nosso...

Conceito de

escafandro

O inventor, matemático e religioso francês Jean-Baptiste de La Chapelle (1710-1792) cunhou o termo “scaphandre”...

ARQUIVOS