Conceito.de

Conceito de carisma

Do latim charisma e com origem num vocábulo grego que significa “agradar”, o termo carisma diz respeito à capacidade que algumas pessoas têm de atrair e cativar os demais. Um indivíduo que seja carismático consegue despertar facilmente a atenção e o interesse dos outros, com toda a naturalidade.

O carisma é algo inato e que faz parte da personalidade do ser humano. Trata-se de uma capacidade tendencialmente associada ao êxito, a avaliar pela vida do sujeito carismático, que tem fama de esta lhe correr bem. É nesse sentido que há quem afirme que se pode ajudar uma pessoa a ser carismática, bastando, para tal, reforçar a sua autoestima, as suas capacidades enquanto orador e a sua aparência (a sua imagem).

Na visão do sociólogo Max Weber, o carisma permite exercer uma forma de poder. Os cidadãos denotam uma personalidade extraordinária no líder carismático e permitem que este exerça influência sobre eles. Este tipo de liderança possibilitou que Adolf Hitler, por exemplo, construísse a sua chefia e exercesse o seu poder de uma forma destrutiva e sem qualquer racionalidade.

Os grandes líderes, na sua grande maioria, têm um carisma especial, que consegue superar os respectivos méritos intelectuais ou profissionais propriamente ditos. Graças ao carisma, o líder pode dar-se ao luxo de convocar os seus seguidores e conseguir que estes lhe obedeçam ou, pelo menos, acreditem nas suas palavras.

O carisma é caracterizado como algo fácil de ser notado, contudo de difícil metrificação. É possível que quase todas as pessoas conheçam alguém que é carismático e que gera um forte impacto ao chegar num dado ambiente.

No cinema, no meio musical e outros meios artísticos onde o artista é a figura principal, o carisma é algo altamente valorizado, pois ajuda a trazer público para esse artista. Um exemplo seria no caso de atores de cinema que desenvolvem carisma e fazem com que as pessoas os sigam.

Com isso, o ator ou cantor, por exemplo, tem a capacidade de encantar seus seguidores, despertando neles uma aprovação que é quase que imediata. Há casos, inclusive, em que figuras públicas (atores, cantores, etc.) conseguem ter carisma sem que haja nenhum traço de beleza em si.

O carisma costuma ser desenvolvido através da comunicação, por isso que algumas pessoas buscam desenvolver essa habilidade, a fim de conseguirem gerar seguidores com uma comunicação que traz o uso de simbologias, por exemplo.

Para a religião, o carisma é um dom que Deus concede, através do Espírito Santo, a alguns crentes em benefício da comunidade. Os movimentos carismáticos, como o Pentecostalismo, têm a missão de ajudar a construir a comunidade cristã.

Na mitologia grega haviam três deusas que chamavam-se Aglaia, Euphrosyne e Thalya, elas representavam a beleza, o charme e a graça. E essas deusas, juntas, faziam a representação do carisma (Charis).

Zero charisma (“zero carisma” na tradução em português) é um filme americano de comédia que narra a história de Scott Weidemeier, um nerd que gasta a sua vida trabalhando numa loja de donuts, vive com a sua avó e tenta executar a maior campanha de RPG da história com o Dungeons & Dragons.