Conceito.de

Conceito de claustrofobia

A claustrofobia é a fobia sentida em relação a lugares fechados. Faz parte dos chamados transtornos de ansiedade, que ocorrem quando a pessoa sofre de uma ansiedade patológica.

No caso da claustrofobia, o medo e a aversão surgem quando o indivíduo está em um ambiente de pequenas dimensões, em um túnel, em uma gruta ou em um elevador, para citar algumas possibilidades. A fobia está ligada aos possíveis efeitos negativos relacionados a esse tipo de espaço, como ficar sem ar.

Em geral, os claustrofóbicos tentam evitar locais fechados porque se sentem vulneráveis e sem liberdade. Quando o acesso a esse tipo de lugar é inevitável, eles começam a ter várias sensações derivadas do alto nível de ansiedade: tonturas, taquicardia, falta de ar, sudorese, tremores, etc. Logo que se afastam do que causa a fobia, a ansiedade diminui e os sintomas desaparecem.

O desenvolvimento da claustrofobia ocorre geralmente antes de uma experiência traumática em local fechado. Se uma pessoa sofrer um acidente em um túnel e ficar presa por dez horas até ser resgatada, ela poderá entrar em pânico quando estiver em um local sem luz natural e com pouca ventilação. A claustrofobia também pode ser contraída quando o indivíduo é testemunha ou ouve falar de um evento negativo como o mencionado.

O tratamento da claustrofobia é realizado com sessões de terapia com um psicólogo ou psiquiatra. O profissional tenta que o paciente desenvolva as ferramentas necessárias para controlar e modificar a reação patológica que desencadeia diante dos espaços fechados e, assim, superar o medo.