Conceito.de

Conceito de coadjuvar

O verbo coadjuvar se refere a fazer uma contribuição para que algo se torne concreto ou se desenvolva. A etimologia do conceito refere-se à palavra latina ” coadjuvāre” que se traduz como assistir.

Por exemplo: “Não vou coadjuvar nesse processo que a única coisa que ele fará é gerar mais problemas para a nossa cidade”, “Estou disposto a coadjuvar no que for necessário para o projeto avançar”, “O advogado manifestou que quer coadjuvar como os procedimentos de criação da associação civil”.

A ideia de coadjuvar é usada no campo do direito. Chama-se de coadjuvante ao sujeito que faz parte de um processo para defender seus interesses, mas está em uma posição de subordinação em relação a uma das partes, que ele auxilia de maneira instrumental. O coadjuvante, neste contexto, junta-se à reivindicação desta parte, mas não pode agir de forma independente.

A entrada do coadjuvante no processo judicial é baseada no vínculo legal que ele tem com a parte que pretende coadjuvar. Além disso, esse vínculo está relacionado ao tema do debate no litígio. Portanto, o ato de coadjuvar não é solidário, mas está relacionado aos benefícios conferidos pelo relacionamento com a parte, colocados em risco de acordo com o resultado da sentença.

No campo da medicina, finalmente, denomina-se tratamento coadjuvante aquele que coadjuva num processo, complementando e reforçando a ação do tratamento principal.