Conceito.de

Conceito de dispositivo de saída

Escutar o artigo

Um dispositivo, do latim disposĭtus (“disposto”), é uma máquina ou um sistema que cumpre com determinadas ações; isto é, está “disposto(a)” a levar a cabo determinadas ações.

Saída, por outro lado, é a ação e o efeito de sair. Este verbo refere-se ao ato de partir de um lugar para outro, passar de dentro para fora ou de se livrar de alguma moléstia.

Estas definições ajudam a entender o conceito de dispositivos de saída, uma noção que se utiliza na informática. A primeira coisa que se deve ter em conta é que a entrada/saída está associada às interfaces que usam as unidades de um sistema de informação para estabelecer uma comunicação: a entrada é o sinal recebido pela unidade e a saída é o sinal que é enviado.

Um dispositivo de saída, por conseguinte, é aquilo que emite um sinal carregado de informação. Neste sentido, podemos mencionar a impressora (que recebe informação de um computador e produz uma impressão em papel), o monitor (apresenta os dados no ecrã, na tela), os auriculares (emitem sons para que sejam ouvidos por uma pessoa) e os alto-falantes/as colunas (reproduzem sons para o ambiente).

Exemplos: “O meu computador tem vários dispositivos de saída porque preciso de dispor da informação em diferentes formatos”, “Para mim, a impressora não é um dispositivo de saída indispensável, pois costumo trabalhar em rede e não preciso de extrair os dados”, “Não me adianta de nada ter um computador sem dispositivos de saída”.

Os dispositivos de saída são itens importantíssimos para os computadores e quaisquer outros equipamentos (como um aparelho de som, por exemplo, que conta com caixas de som sendo um dos seus dispositivos de saída).

No âmbito da informática, esses dispositivos ajudam a transformar os dados presentes num computador em uma linguagem que seja de fácil entendimento e assimilação para o receptor.

Um exemplo de como isso acontece é quando assistimos a um filme no computador, a máquina faz o processamento do arquivo tocado e o vídeo saia pela tela e o som pelas caixas ou fones. Temos ainda a impressora que é um dispositivo de saída que transforma um arquivo digital em algo físico.

Em contra partida, os dispositivos de entrada são aqueles que enviam informações para o computador. Alguns exemplos são o teclado com computador, um microfone (que pode ser o inserido na entrada da placa de áudio que já vem na máquina ou numa placa externa), um aparelho que faz a leitura de código de barras, entre outros.

Cabe destacar que alguns dispositivos desenvolvem ambas as operações (entrada e saída), como uma placa de rede ou um modem.

Outros dispositivos que também podem tanto receber quanto enviar informações são: os pendrives e as câmeras, por exemplo. Esses funcionam como dispositivos de entrada e de saída e, com eles, pode-se enviar dados para outro dispositivo ou usuários quanto recebê-los.

Um outro exemplo seriam as unidades de CD/DVD que permitem gravação, assim você pode colocar um CD ou DVD ali e reproduzir no computador (ou copiar os arquivos para a máquina) ou pode também gravar os dados que estão no computador para um CD ou DVD virgem.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (30 de Dezembro de 2013). Conceito de dispositivo de saída. Conceito.de. https://conceito.de/dispositivo-de-saida