Conceito.de

Conceito de diversidade linguística

A diversidade refere-se à abundância de coisas diferentes, à variedade e à diferença. A linguística, por sua vez, é aquilo que pertence ou que está relacionado com a linguagem (o sistema de comunicação que nos permite abstrair e comunicar conceitos) ou com a língua (o sistema de comunicação verbal próprio dos seres humanos).

A diversidade linguística, neste caso, está relacionada com a existência e a convivência de línguas diferentes. O conceito defende o respeito por todas as línguas e promove a preservação daquelas que se encontram em vias de extinção por falta de falantes.

O estudo da diversidade linguística, também conhecido como estudo da diversidade das línguas, tem por objetivo fazer a ligação entre a aprendizagem e o respeito as diferenças de vocabulário de cada país ou região, por exemplo.

Uma língua desaparece quando morre o último integrante do grupo social que a fala. Nestes casos, falha a transmissão de geração para geração através da qual os pais ensinam a língua materna aos seus filhos. O desaparecimento da língua implica uma perda importantíssima e irrecuperável de conhecimentos: por isso, a diversidade linguística é igualmente relevante.

Estima-se que existem mais de 6000 idiomas no mundo. A Oceania é o continente com maior diversidade linguística pelo facto de haver numerosos grupos aborígenes que defendem a sua língua nativa. Noutras regiões do mundo, em contrapartida, uma língua dominante impôs-se sobre as restantes. É o caso, por exemplo, dos Estados Unidos da América, onde o inglês levou à extinção das línguas da maioria dos habitantes nativos.

E quando falamos em língua, temos como uma das principais funções dela a comunicação. É por meio dela que os seres humanos podem questionar, entender argumentos e consegue se desenvolver. E as diferenças línguas existentes são uma herança histórica transmitida por gerações, fazendo parte da identidade cultural de uma povo. Por exemplo: no Brasil usa-se o português como idioma nacional, no entanto ele sofreu diversas variações ao longo doa anos o que gerou diversidades linguísticas. Cada região do Brasil possui diferença na comunicação, o que se conhece por “sotaques”, por exemplo.

Outro ponto importante de se mencionar sobre a diversidade linguística é que ela encontra-se cada vez mais ameaçada, uma vez que mais e mais línguas vem desaparecendo. E quando uma língua desaparece ela também leva consigo o seu patrimônio cultural e patrimônio intelectual.

Como consequência do desaparecimento das línguas há danos são apenas para as comunidades locais de falantes, mas há danos também para a humanidade de modo geral. E isso é algo que se encontra presente na Declaração Universal dos Direitos Linguísticos, elaborada na cidade de Barcelona, Espanha, no ano de 1996.

Nos últimos anos diversos grupos tem se mobilizado, entre eles pesquisadores e também falantes, a fim de fazer a associação da diversidade linguística como temática ligada a políticas de cultura, ou seja, de torna-las um patrimônio imaterial.

As culturas encontram na língua o seu principal veículo de expressão; quando uma língua deixa de existir, a cultura em questão corre o risco de ter o mesmo destino.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

colírio

A etimologia de colírio refere-se à palavra latina “collyrĭu”, que por sua vez procede do grego...

Conceito de

colibri

Um colibri é um pássaro que pertence ao grupo familiar dos troquilídeos. Assim se conhecem as aves que se caracterizam por seu...

Conceito de

colisão

A palavra latina “collisiōne” chegou à nossa língua como colisão. O termo refere-se ao que acontece quando dois...

Conceito de

coleito

Chama-se coleito à prática que apela a que os filhos durmam na mesma cama que seus pais. É uma modalidade que também pode ser...

Conceito de

cólica

Um dos significados do termo cólica (adjetivo) refere-se ao vinculado ou pertencente ao cólon. Importa lembrar que o cólon é...

Conceito de

colina

A palavra colina deriva do latim “collina” com o mesmo significado. Uma colina é uma proeminência do terreno que...

Conceito de

cofator

Um cofator é um fator que, ao juntar-se a outro ou a outros, favorece o desenvolvimento de algo. Deve-se lembrar que um fator é...

Conceito de

cólera

O conceito de cólera pode ser usado com referência à raiva, fúria ou ira. Por exemplo: “A gozação do jovem provocou a...

ARQUIVOS