Conceito.de

Conceito de etnia

Escutar o artigo

O termo etnia provém de um vocábulo grego que significa “povo”. Trata-se de uma comunidade humana que pode ser definida pela afinidade cultural, linguística ou racial. Os integrantes de uma etnia identificam-se por compartirem uma ascendência em comum e diversos laços históricos. Para além da história em comum, os membros mantêm atualmente práticas culturais e comportamentos sociais similares.

De um modo geral, as comunidades que formam uma etnia reclamam um território só para elas e uma estrutura política que vá ao encontro das suas necessidades sociais. No entanto, existem Estados nacionais que são multiétnicos: o que importa mesmo, seja qual for o caso, é que se respeitem os direitos das minorias.

Apesar de a noção de etnia estar associada ao conceito de raça, ambas as palavras não fazem referência ao mesmo. A etnia inclui fatores culturais, como as tradições, a língua e as crenças religiosas. A raça, por sua vez, evidencia as características morfológicas de um grupo humano (cor da pele, traços faciais, contextura, etc.).

Há quem se oponha a este tipo de classificações de etnia ou de raça por promoverem as agressões e a violência. O simples facto de se identificar como sendo parte de um grupo social pode levar uma pessoa a uma exacerbada defesa da sua particularidade e a entrar em conflito com os integrantes de outros grupos. Esta situação, podendo nomeadamente ser incentivada pela política, acaba por ser um atentado à ideia de comunidade internacional. As pessoas perdem consciência da sua pertença à espécie humana e circunscrevem o seu sentido de pertença à sua etnia.

O conceito de etnia distingue-se da noção social de raça qual se tinha conhecimento até meados do século XX, sendo que compreende mais aspectos culturais.

Etnia (ou também “grupo étnico”) faz a divisão de uma uniformidade cultural, sendo essa detentora das mesmas habilidades, tradições, técnicas, conhecimentos, comportamento e língua.

Aqueles que se dedicam a pesquisar sobre a etnia consideram também as características genéticas como características étnicas. A ideia não integra o senso comum, no entanto isso é entendido como integrante da construção social do indivíduo.

Para um melhor entendimento vejamos alguns exemplos a seguir:

– Descendentes de japoneses que estão no Brasil e que possuem os olhos característicos dos orientais daquele local podem entender-se como sendo pertencentes à etnia nipônica;

– Ou também o caso dos afrodescendentes que podem identificar-se com os grupos étnicos africanos devido aos aspectos físicos (aspectos esses que vão além da cor da sua pele, podendo ser ainda pelo formato do nariz, pela sua estrutura corporal, entre outros).

Pelo mundo, há diversos grupos étnicos, dentro os quais podemos destacar os judeus, os mulçumanos, os japoneses, entre outros. Mas existem ainda os grupos menores e que possuem características similares aos que são vizinhos seus, tal como no caso de etnias africanas que partilham de um mesmo território.

As características de uma etnia são tão marcantes que podem tornar-se pontos fundamentais para a construção da identidade de uma pessoa, podendo elas até mesmo definirem alguns aspectos da convivência social daquela população que forma o grupo étnico em questão.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (30 de Novembro de 2011). Conceito de etnia. Conceito.de. https://conceito.de/etnia