Conceito.de

Conceito de favela

Escutar o artigo

Favela designa um assentamento com casas construídas de forma precária e irregular, ocupando uma propriedade pública ou privada. E devido as casas ali terem sido erguidas irregularmente, sem planejamento, não existe um acesso facilitado aos serviços básicos.

favela
Milhares de famílias pelo mundo residem em favelas

A favela está presente em vários países, sendo que ela recebe distintos nomes, por exemplo: em Portugal ela é conhecida como “bairro de lata”, enquanto que em Moçambique o nome dado para ela é “caniço” e na Venezuela ela recebe o nome de “barrios”.

Uma curiosidade sobre esses locais é que os mesmos possuem um crescimento tão acelerado que acabam ultrapassando até mesmo as capitais pelo mundo em habitantes, como é o caso de Kibera, uma favela no Quênia que possui aproximadamente 2,5 milhões de habitantes, ou a Orangi Town, no Paquistão, que abriga 2,4 milhões de indivíduos.

Muitas favelas possuem casas construídas em encostas de morros, nas margens e rios e mangues, etc. E isso representa um grande risco para a vida dessas pessoas que ali residem, uma vez que as construções nesses locais não possuem a sustentação necessária para que a casa esteja estável.

De acordo com um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), mais de um bilhão de pessoas residem em favelas.

Como nasceu a favela

Uma favela é um conjunto habitacional que nasceu devido ao acúmulo de moradias de pequenas dimensões, as quais foram erguidas em locais irregulares. Pouco a pouco, então, essas moradias se amontoaram formando bairros sem nenhum planejamento.

No Brasil, as primeiras favelas teriam surgido por volta de 1897 no Rio de Janeiro. Tudo começou quando se permitiu que os soldados que retornavam da Guerra dos Canudos construíssem moradias em locais que não possuíam uma importância imobiliária (ou seja, locais onde não seria viável a construção de casas).

Então os moradores passaram a ocupar espaços irregulares, construindo casas em encostas íngremes ou em planícies com propensão para alagamentos, por exemplo. E esses locais não possuíam infraestrutura e os serviços básicos para que fossem caracterizados como uma cidade.

Como não possuíam recursos, foi a partir dos “barracos” que as favelas ali surgiram, esses sendo imóveis feitos com materiais como madeira e barro, sendo construídos lado a lado ou um sobre o outro.

Mas além dos saldos, outros que também começaram a ocupar imóveis nesses locais irregulares foram os escravos libertos (com a abolição que ocorreu em 1889). Sem nenhum tipo de sustento e renda para alugar um imóvel, eles começaram a erguer suas próprias casas. Esses escravos libertos construíram casas nas encostas arborizadas que ficavam nos morros do Rio de Janeiro.

Mas a primeira favela do mundo, conta-se, teria surgido em 1825, sendo essa a chamada “Five Points”, um bairro que era localizado em Lower Manhattan, na cidade de Nova York. Esse pode ter sido o primeiro assentamento urbano informal que existiu.

Características desse conjunto habitacional

conceito de favela
As favelas se caracterizam por comportarem moradias precárias

Sobre a constituição das favelas, como muitas casas foram erguidas umas ao lado das outras, passaram-se a haver vielas, algo que acabou tornando difícil que as pessoas ali tivessem acesso ao saneamento, assim como a serviços de água, eletricidade e coleta de lixo também.

As condições de vida nas favelas são desfavoráveis, com casas precárias e a falta de assistência das autoridades prestadas para as famílias.

E devido a falta de tais serviços, havia maior vulnerabilidade ali, com crianças e adultos correndo maiores riscos de contraírem doenças e, por não terem acesso a postos de saúde para um tratamento adequado, viriam a falecer mais rapidamente.

No Brasil, as favelas têm passado por uma urbanização, fazendo a reintegração de tais locais com a cidade e promovendo melhorias da sua estrutura também. E com essa mudança, o que se fez agora foi mudar o nome “favela” por “comunidade”, com o objetivo de remover a imagem de bairro precário de muitos locais.

As favelas e a industrialização

Foi a partir de 1950 que a favela se tornou mais popular, que foi também quando houveram transformações na economia do Brasil, especialmente em decorrência da industrialização que afetada aos centros urbanos e o crescimento natural da população.

Por volta dos anos 70, o Brasil sofrera de um êxodo rural muito grande, com muitas pessoas saindo do campo para as cidades em busca de uma vida melhor por acreditarem que ali teriam mais trabalho. Mas toda aquela mão de obra ali não pôde ser aproveitada, o que gerou um empobrecimento de uma parcela enorme da população. E isso fez com que se acentuassem as favelas.

Com as pessoas sem saberem para onde ir para morar e trabalhar e com as cidades sem um suporte de investimentos públicos, as periferias tiveram um crescimento populacional, com a construção de imóveis clandestinos formando grandes favelas.

Um problema comum das favelas nos últimos anos é a falta de espaço, com isso muitas delas têm se verticalizado, havendo construções com onze andares ou até mais do que isso.

Citação

SOUSA, Priscila. (23 de Agosto de 2022). Conceito de favela. Conceito.de. https://conceito.de/favela