Conceito.de

Conceito de gótico

Do latim gothĭcus, gótico é um adjetivo que faz referência àquilo que pertence ou que é relativo aos Godos. Este era um povo que se encontrava atrás da fronteira oriental do Império Romano e que fazia parte do grupo que os Romanos denominavam bárbaros.

Chama-se gótica à arte desenvolvida na Europa entre o século XII e o Renascimento. Este estilo artístico apresenta várias similaridades com o seu antecessor (o românico), como o predomínio do religioso e uma concepção atemporal das obras. De qualquer forma, a arte gótica propôs catedrais bastante luminosas, ao contrário das escuras igrejas do românico.

A concepção de gótico, contudo, variou com a época. Com a revitalização do medievalismo que foi levado a cabo durante o período romântico, o gótico passou a associar-se com o que é mórbido e sinistro.

Atualmente, existe uma subcultura gótica que ganhou grande impulso a partir de finais dos anos 70 no Reino Unido e que rapidamente se expandiu pelo mundo. A literatura e os filmes de terror são as suas principais influências, que se refletem na vestimenta (associada à época do Renascimento), nos penteados, na maquilhagem e, inclusive, no gosto musical.

Gótico é uma noção que se associa à obscuridade ou à música dark. Aqueles que se identificam com este movimento tendem a ser andróginos: homens e mulheres maquilham-se da mesma forma, destacando-se a palidez na tonalidade do rosto e usando verniz preto nas suas unhas. O preto também é a cor preferida na vestimenta.

Existe uma relação entre o gótico e o punk, uma vez que muitas das características desse último foram emprestadas ao gótico, um exemplo disso seria o estilo conhecido como estilo death rock. Assim, o punk e o gótico estão intimamente relacionados.

Siouxsie Sioux, a vocalista da banda Siouxsie & The Banshees, foi uma mulher que ficou conhecida nos anos 80 devido a adoção do visual gótico.

A cultura gótica recebeu influencias de várias correntes artísticas e conceitos relacionados a filosofia, tais como o expressionismo, a cultura de cabaré, a geração beat, o existencialismo, decadência urbana, a literatura gótica, entre outros.

O gótico hoje é um estilo de vida. As pessoas que adotam esse estilo, além da vestimenta, tem um comportamento mais deprimente e melancólico, ouvindo músicas com letras profundas e mostram uma espécie de desaprovação com a sociedade moderna.

Mas esse que é tido como um comportamento depressivo e melancólico é explicado como sendo resultado de um humor que não é compreensível por aqueles que não fazem parte de tal movimento.

Em países como o Brasil os góticos ficaram conhecidos inicialmente como “darks”.

Uma outra coisa importante a se falar sobre a cultura gótica é que ela independe de religião. Muitas pessoas acreditam que todos os góticos são seguidores de algum tipo de seita ou seguidores do anticristianismo, por exemplo, contudo, nos dias atuais, existem até mesmo os que se autodenominam góticos cristãos, mas há também aqueles que não seguem nenhuma religião (sejam ateístas ou agnósticos). Nesse sentido, eles são livres para escolherem o que quiserem seguir.