Conceito.de

Conceito de lascívia

Escutar o artigo

A lascívia (do latim lascivĭa) é, de acordo com o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, a propensão aos deleites/prazeres carnais. Trata-se do desejo sexual ou da luxúria descontrolada.

lascívia
A lascívia está ligada aos prazeres carnais

A lascívia implica a impossibilidade de controlar a libido, podendo tornar-se numa obsessão. Uma pessoa com lascívia olha para o próximo de forma morbosa ou com intenções sexuais. Por exemplo: “Ambos passaram horas a olhar-se com lascívia até trocarem um beijo apaixonado para se perderem durante a noite”.

Fora estas considerações, considera-se a lascívia como sendo o apetite sem moderação de algo (isto é, esse apetite não tem obrigatoriamente que dizer respeito à sexualidade): “O Jorge, enquanto olhava para o carro do seu vizinho com lascívia, jurou que ia fazer o que fosse preciso para ter um veículo como aquele”, “A Júlia observou com lascívia a pulseira de ouro da sua colega”.

Lascívia e concupiscência

Apesar de lascívia e concupiscência serem termos distintos, eles podem ser usados como sinônimos. O termo concupiscência possui o significado de “forte desejo” ou mesmo pode remeter a cobiça de bens materiais, estando ainda ligado com prazeres sexuais. Há, inclusive, doutrinas religiosas que usam esses termos como sinônimos e até mesmo os têm como sinônimo de libertinagem.

Com isso, se pode usar ambos numa frase quando o objetivo for descrever sentimentos em excesso referentes a desejos sexuais ou, ainda, ao apetite desmoderado: “ela era uma pessoa cheia de concupiscência” ou “ela era uma pessoa cheia de lascívia”.

Ainda sobre isso, se fala sobre a concupiscência da carne, um termo presente no meio religioso e que se caracteriza por ter o desejo sexual como a única coisa que faz sentido para a vida.

Lascívia (na religião)

conceito de lascívia
Para a religião, as lascívia se trata de um pecado caracterizado pela falta de controle

O termo também está relacionado com a ausência de vergonha e a luxúria. As religiões condenam portanto a lascívia e associam-na aos comportamentos indecentes e pecaminosos.

O cristianismo, por exemplo, faz com que os adolescentes e os jovens não caiam na tentação de adoptarem comportamentos lascivos, de acordo com os seus parâmetros morais. Aliás, alguns grupos cristãos consideram que o próprio ato de dançar é lascivo, tendo em conta que inclui o contato corporal entre pessoas do sexo oposto.

Os religiosos afirmam que a lascívia pode controlar a mente dos seres humanos e criar pessoas debilitadas e doentes. Na opinião destes, em vez de se entregarem a Cristo, estes indivíduos estarão a entregar-se a uma força escura e prejudicial (a lascívia).

Desse modo, a lascívia se trata da impureza e da falta de pudor que uma pessoa tenha.

A palavra lascívia surge no Antigo Testamento, sendo uma tradução do termo hebraico “zimma”, qual possui o significado de desejo ou pensamento íntimo e obscuro, se caracterizando como um imaginar ou desejo pecaminoso”, esse remete especialmente ao desejo sexual imoral.

Mas essa tradução, ainda, em algumas versões pode ser substituída por termos como: depravação, perversidade, infidelidade, corrompimento referente a prostituição, entre outras.

Os cristãos ainda descrevem a lascívia como algo que pegou o que Deus havia feito de legítimo e normal como o sexo e tornou em uma coisa corrompida e deturpada, ou seja, tornou algo lícito em algo ilícito. A sexualidade, segundo pregam os cristãos, é algo que deve ser feito no padrão segundo a vontade de Deus, que seria dentro do casamento.

Na bíblia, a lascívia é descrita como um pecado que levaria uma pessoa a um descontrole sendo uma obra da carne.

Lascívia, desse modo, se caracteriza como o pecado da sensualidade em excesso. A pessoa que possui lascívia é alguém que possui um desejo excessivo por ter prazer sexual, não tendo pudor quanto a isso. Mas isso pode ser expresso, conforme descreve os padrões religiosos, tanto em atitudes como também na forma que uma pessoa possui de falar ou de se vestir.

Conclui-se que a lascívia se trata do pecado do sexo ilícito que ainda não foi consumado, porém que já se encontra na imaginação e no coração de uma pessoa.

Sinônimos de lascívia

Alguns dos sinônimos de lascívia são: libertinagem, impudência, excesso, luxúria de forma desenfreada e caráter ultrajante.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (5 de Fevereiro de 2012). Atualizado em 5 de Outubro de 2022. Conceito de lascívia. Conceito.de. https://conceito.de/lascivia