Conceito.de

Conceito de marca

Escutar o artigo

Marca é um termo originário do norueguês antigo “brandr” e que pode ter distintos significados.

marca
Marca também diz respeito ao sinal deixado por algo ou alguém

Há a marca que designa um sinal deixado em algo ou alguém, por exemplo: a marca que a pegada que uma pessoa deixou quando caminhava sobre a areia, a marca do biquini depois que uma mulher se expôs ao sol ou a marca que os pneus de um carro deixam no asfalto. Desse modo, marca pode se referir ao ato ou efeito de marcar algo.

Contudo existem muitos outros conceitos para esse termo.

Marca de produtos ou serviço

Existe ainda a marca que diz respeito ao desenho, símbolo ou mesmo nome que é colocado num produto e que os distingue, podem ser citadas aqui grandes marcas como Coca Cola ou Nike. É comum que se chame isso de marca registrada, uma vez que se trata de algo usado para representar uma empresa.

Toda a marca se trata de algo que é percebido visualmente, ajudando a identificar ou distinguir produtos e serviços.

Uma marca, assim, pode ser um nome, uma imagem ou até mesmo uma letra, contando que esse símbolo sirva para ajudar a identificar a empresa respectiva.

Com a tecnologia fortemente presente no dia a dia das pessoas, as marcas precisam cuidar de como são vistas na internet, uma vez que é possível que os clientes contem sobre suas experiências com elas, sejam positivas ou negativas.

Registro de marcas

conceito de marca
A marca ajuda a distinguir empresas, produtos e serviços

Em cada país existem as suas regras e órgãos competentes para o registro de marcas, no caso do Brasil é o INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) o responsável por realizar esse registro, algo extremamente importante para evitar processos judiciais.

Já se tratando do âmbito jurídico, a marca se trata da relação que ocorre entre produtos e serviços e uma organização, por isso que o registro é crucial para que essa marca se proteja e proteja o que comercializa ou produz.

Há a possibilidade de uma marca ser registrada em diferentes países, mas seria necessário que se aplicasse em cada um desses para que houvesse a validade do registro.

Categorias de marcas

As marcas ainda podem ser classificadas segundo a categoria, onde se tem:

– Marca Nominativa ou verbal: trata-se da uma expressão que é nominal, em outras palavras, com foco no seu nome;

– Marca figurativa: já essa se trata de um sinal composto por símbolo, imagem e desenho, estando relacionado constantemente a componentes que são visuais;

– Mista ou composta: já essa categoria se marca caracteriza-se por fazer uma combinação de componentes;

– Marca tridimensional: essa se caracteriza por usar a forma do produto com o objetivo de distingui-lo dos demais. No Brasil, se pode até mesmo realizar o registro desse tipo de marca, garantindo a exclusividade. Um exemplo nesse caso são as garrafas da Coca Cola.

Elementos que compõem uma marca

Ainda no que diz respeito a marca, existem alguns componentes que ajudam a distinguir as diferentes marcas existentes, sejam de empresas de pequeno, médio ou grande porte, sendo que esses estão constantemente ligados a identidade visual. Alguns desses elementos são: logotipo, mascote, símbolos e assinatura.

Marca como sinal ou marcação

Se uma pessoa está lendo um livro físico e deseja salvar a parte onde parou para ler depois ele pode usar alguma marca para isso. E com essa marca essa pessoa pode se lembrar de onde parou a leitura e até mesmo que estava lendo um livro ou revista.

No âmbito digital, se pode usar esse recurso também para marcar em qual local parou de ler um livro digital.

Marca em sentido figurativo

Há três usos do termo marca em sentido figurativo, sendo os mesmos:

– A marca que diz respeito a algo de boa qualidade: “esse é um corpo de marca conhecida”, “compramos um vinho de marca renomada”;

– Há também o uso do termo quando o objetivo é descrever que alguém foi marcado sentimentalmente: “as marcas que a vida me deixou foram muito profundas” ou “fiquei marcado de dor quando soube da morte do meu amigo”;

– Por fim, se pode também falar de marca no que tange o traço que uma pessoa possui em sua personalidade, por exemplo: “a impertinência é a marca da sua personalidade”.

Outros conceitos de marca

Marca ainda pode ser um termo usado quando o propósito é descrever as impressões que uma pessoa deixou, por exemplo: “a sua passagem pela minha vida deixou muitas marcas, nunca te esquecerei”.

Fala-se ainda de marca como sinônimo de fronteira ou limite: “naquele lugar próximo da fronteira da Bahia com Minas Gerais” poderia ser “naquele lugar próximo da marca da Bahia com Minas Gerais”.

Chama-se de marca também a anotação que um ator faz no texto do seu personagem, algo que o ajuda na interpretação.

E, ainda, marca descreveria os passos de uma dança: “vamos aprender agora algumas das marcas da quadrilha”.

Citação

SOUSA, Priscila. (9 de Agosto de 2022). Conceito de marca. Conceito.de. https://conceito.de/marca