Conceito.de
Conceito de

Nariz

nariz
O nariz permite que os seres humanos tenham a percepção dos odores

O nariz é uma estrutura externa que faz parte do corpo dos seres humanos e de alguns animais. Ele, que tem o termo derivado do latim “nasus”, é uma parte do sistema respiratório, contendo duas cavidades por onde ocorre a entrada do ar.

Além do que, o nariz ainda atua na percepção dos distintos tipos de odores que existem através o olfato. Com isso, uma pessoa pode, por exemplo, distinguir uma rosa de uma lavanda sem precisar vê-las, mas apenas por meio do cheiro delas.

O plural do termo nariz é narizes, logo, ele se aplica assim: os seres humanos possuem seus narizes na face.

Nos animais, o nariz pode ainda ser chamado de focinho, como no caso do focinho de um cachorro ou de um gato.

Funcionamento do nariz

Quando o ar adentra o nariz, ele é aquecido a fim de que chegue até os pulmões numa temperatura que seja similar a do organismo. E esse aquecimento surge em virtude do tecido da cavidade nasal, o qual é bastante vascularizado.

O nariz, que é o órgão do olfato, se trata de uma estrutura cartilaginosa que possui glândulas que fazem a secreção do muco. O muco é um elemento pegajoso importante para a retenção de poeira, bactérias e demais substâncias que estejam presentes no ar. Mas essa secreção é ainda importante para manter as vias respiratórias umedecidas. O muco é produzido continuamente, em seguida descendo através da garganta e acaba sendo engolido junto a saliva.

Pelos no nariz e cílios

Na chamada cavidade nasal, que são duas cavidades paralelas que estão no interior do nariz, estão os cílios e os pelos do nariz. Esses dois atuam como filtros, impedindo que impurezas adentrem o organismo por meio do sistema respiratório.

Diferente do que acontece com o muco, os cílios e os pelos evitam a entrada de partículas estranhas e organismos de tamanho maior, como é o caso dos insetos.

Os cílios se tratam de estrutura menores e também são mais finos, eles realizam movimentos ondulares e possibilitam que o muco filtre pequenas partículas e as conduza para a faringe a fim de que sejam engolidas junto com ele.

Algumas pessoas podem sentir incomodo ou mesmo terem um certo desconforto no que tange a estética em relação aos pelos do nariz (ainda mais naquelas pessoas que contam com fios mais longos e em maior volume), mas eles são essenciais para a proteção do organismo, ajudando, inclusive, a combater resfriados e demais doenças virais.

Os pelos ficam logo na entrada do nariz e são capazes tanto de reter bactérias e vírus, como também esporos e germes, por exemplo. E com isso eles impedem que essas partículas adentrem no organismo.

Em resumo, as pequenas partículas como esporos, bactérias e germes são retidas por meio dos pelos, já as partículas ainda menores são barradas através do muco que se formam por meio das glândulas que fazem o revestimento das narinas e, logo depois essas partículas são varridas até a garganta por meio dos cílios.

Cavidade nasal

Cavidade nasal é o nome que recebe a porção anatômica que é revestida por uma túnica mucosa, exceto o vestíbulo nasal, o qual é coberto por pele. Essa túnica está ligada ao periósteo e ao pericôndrio dos ossos e das cartilagens que fazem a sustentação do nariz.

Parte externa do nariz e interna

conceito de nariz
O formato e tamanho do nariz pode variar de pessoa para pessoa

A parte externa do nariz é aquela que todos podem ver, a qual se encontra projetada na face. E, como mencionado, o esqueleto estrutural dele se trata de algo que é especialmente cartilaginoso.

E tanto as dimensões quanto os formatos dos narizes tendem a variar, ainda mais em virtude das diferenças nas cartilagens.

O dorso do nariz vai da raiz até a ponta do mesmo. E a face inferior dessa estrutura conta com duas aberturas, que são as narinas, as quais possuem uma limitação nas laterais devido as asas dessa estrutura. E há pele revestindo a parte óssea superior do nariz.

E a pele que fica sobre a área cartilaginosa e móvel do nariz é revestida por uma pele que possui mais espessura e com bastante glândulas sebáceas. A pele que cobre essa estrutura segue ainda para a parte interna, depois das narinas, que é onde estão pelos conhecidos como vibrissas.

Essa vibrissa tem a função de realizar a filtragem das partículas de poeira que estão no ar, impedindo que essas adentrem na cavidade nasal. No geral, as vibrissas se encontram sempre úmidas. Cabe mencionar que a união da túnica mucosa com a pele vai além da região onde há os pelos.

A importância do nariz para a fala e a percepção dos cheiros

Além de ter a função na respiração, o nariz é importante para a fala, pois ele ajuda a garantir que o som da voz saia adequadamente, posto isso, ele funcionaria como uma caixa de ressonância. É devido a isso que nas aulas de canto ou nos exercícios de fonoaudiologia há treinos que focam na voz anasalada, por exemplo.

Citação

SOUSA, Priscila. (8 de Dezembro de 2022). Nariz - O que é, conceito, funcionamento e importância. Conceito.de. https://conceito.de/nariz