Conceito.de

Conceito de natureza

A noção de natureza permite referir-se aos fenómenos do mundo físico e à vida em geral. O Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora admite dezessete acepções para esta palavra, o que só prova a sua amplitude de significados.

A natureza é, por exemplo, a essência e as propriedades características de cada ser (“O facto de se alimentar dos seus próprios filhos está na natureza de vários animais”), o conjunto e a disposição de tudo o que compõe o universo (“Temos de proteger a natureza”), a virtude e qualidade das coisas (“Este móvel é de natureza nobre e maciça”) e a força da atividade natural, em oposição àquilo que é milagroso ou sobrenatural (“A natureza mostrou a sua força com a avalanche que arrasou a pequena aldeia da costa”).

O uso mais habitual do termo diz respeito ao conjunto dos seres vivos (seres humanos, animais, plantas) e aos fenómenos que ocorrem de maneira natural, isto é, sem intervenção do homem ou de meios artificiais (como a chuva ou as nevadas).

Neste sentido, o planeta Terra é o lar da natureza. Quando a ecologia fala sobre a proteção da natureza, está-se a referir à conservação dos seres vivos e dos ecossistemas que formam o planeta.

O conceito de ecossistema permite fazer alusão a um sistema dinâmico com relativa autonomia que é formado por uma comunidade natural e ao respectivo meio físico. O ecossistema compreende as interações entre os organismos que formam essa mesma comunidade e os fluxos de energia e materiais que a percorrem.

Natureza jurídica é o regime jurídico no qual uma empresa está enquadrada, desse modo, essa natureza é como ela se classifica para a fiscalização. É por meio da natureza jurídica que se define as normas que deverão ser seguidas por aquela empresa.

Em suma, ela determina qual a estrutura de uma empresa e o modo de funcionamento da mesma. No Brasil, por exemplo, existem diferentes tipos de naturezas jurídicas, tais como: o MEI (ainda que muitos descrevam que essa não seja uma natureza jurídica, mas possui um CNPJ), a EIRELI, Sociedade Anônima, Sociedade Limitada (LTDA), entre outras. Cada uma dessas conta com regras, obrigações, requisitos, etc.

O termo também é comum em documentos de caráter jurídico para descrever algo que é “destinado a”, por exemplo: “esses são débitos de natureza alimentar” ou também “essa é uma verba de natureza alimentar”.

Quadros de natureza abstrata são pinturas que fazem uso de elementos abstratos, tendo, então, pinturas que não possuem uma ideia ou conceito, algo que não possui precisão, mas que de algum modo nos remetem a natureza, talvez devido ao uso de cores especificas ou formas que nos lembrem algum elemento da natureza, por exemplo.

Ainda se tratando de arte, há o que se chama de “natureza morta” que é um tipo de pintura que representa objetos ou seres inanimados, por exemplo: uma pintura de uma cesta ou tigela com frutas, uma pintura com uma melancia sobre uma mesa com um vaso de flores, uma pintura de uma garrafa e uma taça com vinho sobre uma mesa, etc.