Conceito.de

Conceito de núcleo

Do latim nuclĕus, o termo núcleo tem diversos usos e significados. Pode-se dizer que se trata do elemento primordial ao qual se juntam outros para dar forma a um todo. Também se conhece como núcleo o cerne ou o ponto central de algo, seja material ou imaterial. Por exemplo: “O núcleo do assunto é a redistribuição dos rendimentos”.

Por outro lado, núcleo é o miolo dos frutos de casca dura e a parte central e dura de frutas com polpa, como é o caso da cereja, o pêssego ou a ameixa. Por outras palavras, é o caroço. Noutro contexto, dá-se o nome de núcleo ao grupo de pessoas com interesses comuns (“O núcleo dos desempregados manifestou-se às portas da Assembleia da República”) e à aglomeração de edifícios (“O núcleo urbano está a atravessar um forte aumento de desocupação”).

Na biologia, o núcleo celular é a parte das células eucariotas que contém a maior parte do material genético. Está organizado em cromossomas e acompanhado por proteínas.

E o núcleo da célula que toma as “decisões” é conhecido como o “cérebro” da célula e é ali onde os cromossomos se localizam.

A estrutura do núcleo é formado pelo nucleoplasma, cromatina, nucléolo, matriz nuclear e pela carioteca. A carioteca é um envoltório nuclear formado por duas membranas que garantem a separação entre o núcleo e o citoplasma. A cromatina é composta pelas moléculas do DNA que são associadas a proteínas histonas. E os cromossomos são formados pela cromatina.

Na região do nucléolos é onde são fabricadas as moléculas de RNA ribossômico que tratam-se de corpos densos e arredondados possuindo proteínas, RNA ribossômico e DNA associados.

Não sendo o único a possuir material genético, também é possível encontrar ele em mitocôndrias e cloroplastos.

Na física, o núcleo atómico é a parte central de um átomo. É formado por protões e neutrões que mantêm uma interação nuclear forte. O núcleo atómico tem carga positiva e concentra cerca 99,99% da massa total do átomo.

O núcleo sintático, por sua vez, é um conceito linguístico que diz respeito à palavra ou ao morfema que determina as propriedades sintáticas e gramaticais do sintagma.

A Terra é subdividida, principalmente, em três camadas: crosta, manto e núcleo terrestre, sendo o núcleo terrestre a camada mais profunda do planeta e onde há as mais altas temperaturas da Terra, ele é situado após a camada do manto e dividido em duas partes: o núcleo externo e núcleo interno.

Quanto ao núcleo externo, é provável que ele seja composto de ferro metálico, assim como por outros elementos como enxofre, silício, oxigênio, potássio e hidrogênio, o núcleo externo é líquido e com temperaturas que pode chegar a 3000ºC

Já a parte mais interna do núcleo terrestre, o núcleo interno, é composto por ferro e níquel e com temperatura semelhante à encontrada na superfície do sol. É por conta da sua pressão super elevada, onde os átomos ficam compactados, que o seu estado é solido.

Por fim, mencionaremos que, na informática, o núcleo (ou kernel) é a parte principal do sistema operativo. O núcleo “decide” que software pode fazer uso do hardware e por quanto tempo.