Conceito.de

Conceito de osmolaridade

O uso do termo osmolaridade é habitual em diversos âmbitos da medicina, da biologia e do setor farmacêutico.

Em química, existem várias unidades de medidas importantes, dentre as quais podemos citar o PH, que identifica se uma substancia é ácida ou alcalina, ou o Kelvin (K) usado para medir a temperatura.

Porém, existem ainda outras medidas menos convencionais, e também com sua importância, como é o caso da osmolaridade ou concentração osmótica, como também é conhecida.

Dá-se o nome de osmolaridade à medida que expressa o nível de concentração dos componentes de diversas dissoluções. O conceito deriva da pressão osmótica que muda nas células do organismo quando se introduz a dissolução em questão.

A expressão é realizada em osmoles por litro, sendo o osmol (Osm) uma unidade de medida que indica a quantidade de moles presentes num composto. Esta unidade não faz parte do Sistema Internacional. Em certas substâncias, fala-se de osmolalidade (com um L em vez de um R), que tem características diferentes e que se menciona de acordo com os osmoles que há em cada quilograma de água.

A osmolaridade diz respeito às propriedades da osmose, o fenômeno que surge a partir da interação do soluto (um sólido) com uma membrana. Isto provoca a difusão simples do soluto pela membrana sem que se perca energia.

É importante entender que um soluto trata-se de uma substância que é dissolvida pelo solvente a fim de criar uma solução. Por exemplo: quando sal é dissolvido na água ele se torna um soluto, criando uma solução salgada. Ou, mesmo, quando colocamos açúcar na água ele também se torna um soluto, fazendo com que a água se torne doce.

No exemplo do sal como soluto, o que ocorrerá é que ele se dissolverá e irá se dissociar em partículas de sódio (Na+) e de cloreto (Cl), resultando numa solução salgada.

As soluções podem ser classificadas em hipertônicas, hipotônicas e isotônicas, de acordo com a sua respectiva osmolaridade, sendo que:

– As soluções que possuem uma osmolaridade relativamente mais alta se classificam por hipertônicas, as quais possuem uma elevada concentração de soluto e, consequentemente, ela possui menos água;

– Já as soluções com uma osmolaridade baixa são classificadas como hipotônicas, onde há baixa concentração de soluto e, nesse caso, a água passa para uma concentração mais baixa a fim de realizar a dissolução do soluto e gerar equilíbrio;

– Por fim, temos a solução isotônica que se caracteriza por ser uma solução onde há a mesma quantidade de água e de solução, ou seja, há a mesma osmolaridade e nenhum fluxo líquido de água.

Aquilo que faz a osmolaridade é refletir a concentração das moléculas dos componentes osmoticamente ativos dentro de uma solução. Essa unidade é usada pelos médicos e farmacêuticos, entre outros profissionais.

Importa calcular a osmolaridade em diversos estudos da fisiologia para saber como se realiza a difusão de uma substância através das membranas celulares, o que estará relacionado com a pressão exercida pelo soluto.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

drone

O termo inglês “drone” chegou ao português como drone: uma aeronave que não tem tripulantes. Uma aeronave é um...

Conceito de

dragar

O verbo dragar refere-se ao uso de uma draga para limpar e aprofundar um rio, lago, canal ou outro corpo de água. A draga, por...

Conceito de

drástico

A etimologia de drástico nos leva a “drastikós”, palavra da língua grega. É um adjetivo que pode ser usado para...

Conceito de

quarto

O vocábulo latino “quartu” chegou ao português como quarto. Este é nome do aposento de uma casa que é usado...

Conceito de

dotação

A dotação é o ato e o resultado de dotar: outorgar, contribuir, equipar ou atribuir algo. Dotação é também o que ocorre...

Conceito de

dossiê

O termo dossiê, que vem de “dossier” francês, se refere a um relatório que coleta dados sobre um determinado...

Conceito de

dose

A etimologia de dose refere-se ao latim medieval, embora sua origem seja encontrada na palavra grega “dósis” (que...

Conceito de

dormir

O verbo dormir se refere ao que um ser humano ou animal faz quando está em um estado de repouso que implica a ausência de...

ARQUIVOS