Conceito.de

Conceito de sódio

Escutar o artigo

O químico inglês Humphry Davy (1778–1829) foi quem descobriu o sódio e outras substâncias que conseguiu isolar, em inícios do século XVIII a través da eletrólise. O termo sódio procede do italiano soda e do latim sodium.

O sódio é o elemento químico cujo número atómico é 11. Trata-se de um metal de grande presença no nosso planeta, que é macio e branco ou prateado. Em geral, encontra-se como sal.

Entre as características do sódio, podemos mencionar que ao estar em contato com o oxigénio se oxida e que se trata de um metal de grande poder reativo. Na natureza o sódio não está livre: pode-se encontrar, por exemplo, no mar embora que de forma iónica. O sódio e a água formam um hidróxido.

Devido à sua importância para os processos metabólicos, o sódio é considerado como um elemento indispensável para a vida. Este metal contribui para transmitir os impulsos nervosos, ajuda as membranas a absorverem nutrientes e incita a contração dos músculos.

Existe uma grande quantidade de compostos que incluem sódio e que têm um uso estendido na vida quotidiana. Um deles é o cloreto de sódio (o sal de mesa), que é utilizado para aromatizar alimentos. O bicarbonato de sódio (eleva massas e outras preparações gastronómicas) e o trifosfato de sódio (usado para a produção de sabonete) são outros compostos de uso comum.

Cabe destacar que o símbolo do sódio é Na, que procede natrĭum (denominação latina da soda).

Mas apesar dos seus benefícios para a saúde, o sódio, quando em excesso, pode agravar doenças ou mesmo desenvolver muitos problemas de saúde. Essa substância, que compõe o sal de sozinha, quando consumida de forma demasiada pode provocar problemas como hipertensão, cálculo renal, entre outros.

A quantidade total de sódio que existe no corpo altera a quantidade de líquido que existe no sangue e também em torno das células.

Há um monitoramento contínuo no corpo do volume de sangue e também da concentração de sódio, desse modo, se um desses dois se eleva, então os sensores que ficam no coração, nos vasos e também nos rins detectam isso e estimulam os rins para que elevem a excreção de sódio, o que faz com que o volume de sangue retorne ao normal.

Alguns fatores podem contribuir para que o corpo reduza a sua capacidade de manter o equilíbrio de sódio e hídrico, um exemplo disso seria no caso do envelhecimento. As pessoas idosas possuem menos capacidade de manter esse equilíbrio por distintos motivos, tais como:

– Sentir menos sede: quando a pessoa envelhece ela passa a ter menos sede, o que a faz não consumir tantos líquidos quanto necessita;

– Alterações nos rins: com o avanço da idade, outro problema que pode surgir e afetar o equilíbrio hídrico e de sódio é a capacidade dos rins que se reduz para recuperar a água e os eletrólitos da urina, isso faz com que um volume maior de água acabe sendo expelido na urina.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (1 de Julho de 2016). Conceito de sódio. Conceito.de. https://conceito.de/sodio