Conceito.de

Conceito de output

Output é um conceito da língua inglesa, de uso frequente no âmbito da informática para se referir aos dados resultantes de um processo.

Um output ou saída é constituído pela informação que é emitida por um sistema informático. Isto quer dizer que os dados em questão “saem” do sistema, seja através de um formato digital (um arquivo de vídeo, uma fotografia, etc.) ou mesmo em algum suporte material (uma folha impressa, um DVD).

O processo costuma incluir, como primeiro passo, a entrada ou input da informação para o sistema. Para isso, é possível usar um teclado, um rato, um scanner ou outros dispositivos que permitam introduzir os dados no computador. Já dentro do sistema, a informação é manipulada e processada até que o utilizador, finalmente, decida concretizar a saída. É então quando se gera esse output.

Partindo desse significado temos que dizer que nos encontramos com os periféricos de saída, igualmente conhecidos como periféricos output. Pode-se dizer que estes são os aparelhos que vêm a exercer de comunicação entre o computador e o utilizador. E aquilo que fazem é converter os sinais eléctricos para que possam ser entendidas e compreendidas pela pessoa em questão.

Concretamente, entre os periféricos deste tipo mais significativos encontram-se o ecrã do PC, a impressora, as colunas ou mesmo o fax.

Dentro do campo macroeconómico, o conceito de output refere-se aos produtos e os serviços que se geram no âmbito de uma economia. O output, neste sentido, é o resultado de um processo de produção.
Existe um modelo implementado pelo economista Wassily Leontief (vencedor do Prémio Nobel) através do qual se reflectem as diversas interacções que existem entre os vários sectores que formam uma economia.

De acordo com este modelo input-output, quando uma indústria produz uma saída de bens, outra recebe esse output, gerando-se o input correspondente.

A sua teoria, no entanto, pode-se dizer que há tempo antes foi estabelecida por outro personagem importante dentro da economia. Trata-se do Francês Francois Quesnay, que a projectou através daquilo que deu a chamar “tableau économique”.

Posto isto, dentro do âmbito económico também existe o que se conhece como output gap. Este é o termo que se utiliza em referência à diferença que existe entre o PIB potencial e o PIB observado. Mas, para entender melhor esse vocábulo, há que ter em conta o que é um e outro:
• PIB potencial, é o produto interior bruto que pode criar a economia do país num período de tempo determinado, tendo em conta factores tais como o volume de emprego e o capital instalado.
• PIB observado, por outro lado, podemos estabelecer que é o conjunto de bens e serviços que se produzem durante um prazo de tempo num país, tanto por pessoas nacionais do mesmo como por estrangeiros que residam nele.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

cinética

A ideia da cinética, que deriva da palavra grega “kinetiké” (a arte de pôr em movimento), tem vários usos. No...

Conceito de

coentro

A palavra grega “koríandron” passou ao latim como “coriandrum” e chegou à nossa língua como coentro....

Conceito de

cinema

O termo cinema tem diferentes significados ligados à cinematografia: o registro e a exibição de imagens em movimento na tela....

Conceito de

zigoto

A palavra grega “zygotós” (atrelado) deu origem à palavra portuguesa zigoto. O zigoto é a célula que resulta da...

Conceito de

cifose

A raiz etimológica de cifose encontra-se na palavra grega “kýphosis” que se pode traduzir como “curvatura...

Conceito de

ciclo celular

Chama-se ciclo celular ao conjunto de fases desenvolvidas entre duas divisões celulares que são executadas consecutivamente. O...

Conceito de

cervo

Um cervo é um animal mamífero que faz parte do conjunto de ruminantes. Geralmente, tem uma altura de cerca de 1,30 metros e...

Conceito de

teto falso

Teto falso é o nome que se dá à superfície lisa e plana que, em uma construção, está localizada a uma certa distância do...

ARQUIVOS