Conceito.de

Conceito de parasita

Do latim parasītus (embora com origem mais remota num vocábulo grego que significa “comedor”), um parasita é um organismo que vive às custas de outra espécie. O parasita, que pode ser animal ou vegetal, alimenta-se do outro organismo, debilitando-o mas sem chegar necessariamente a matá-lo.

A interação biológica que envolve os parasitas recebe o nome de parasitismo. A espécie que aloja o parasita é o hospedeiro e sofre uma depauperação da sua capacidade de reprodução sob a ação do outro organismo que, por sua vez, consegue melhorar as suas próprias condições e a sua capacidade de sobrevivência.

Portanto, pode-se dizer que os parasitas beneficiam da associação que estabelecem com o outro organismo, ao passo que este se vê prejudicado pelo tipo de interação.

Em alguns casos, os próprios parasitas podem converter-se em hospedeiro de uma terceira espécie, que se conhece como hiperparasita. Deste modo, produz-se uma cadeia onde o hiperparasita vive às custas do parasita, e o parasita faz o mesmo com o seu hospedeiro.

Com o passar do tempo e as sucessivas gerações, os organismos hospedeiros conseguem desenvolver certos mecanismos de defesa que afastam os parasitas ou minimizam o campo de ação destes. Os parasitas, de qualquer forma, podem conseguir transformações fisiológicas e morfológicas através da seleção natural.

Um exemplo comum de parasita é o carrapato que costuma de instalar em animais como o cachorro e se nutre dele. O piolho é mais um tipo de parasita, sendo que esse pode viver em animais e também no ser humano.

Quando um animal está com muitos parasitas, ainda que um parasita não necessariamente mate esse animal, mais a quantidade desses organismos vivendo no corpo do animal o enfraquece, o levando a óbito.

Um parasita não retira do seu hospedeiro muitos nutrientes, pois não é objetivo dele que o hospedeiro fique debilitado.

Na linguagem coloquial, considera-se parasita aquele tipo de pessoa que vive ou que tenta viver às custas de outra, aproveitando-se dos seus recursos materiais. Por exemplo: “O Maximiliano é um parasita que nunca trabalhou: se não fossem os seus pais, a esta hora, já estaria a dormir na rua”.

Assim, uma pessoa definida como parasita é aquela que encontra uma pessoa (ou uma empresa) e passa a sugar dela tudo o que puder: desde dinheiro, conhecimento, contatos e muito mais.

Outro exemplo seria alguém que pode realizar uma tarefa na empresa, contudo ela se aproveita de outra para que faça essa tarefa para ela. Também no ambiente de trabalho, é comum chamar de parasita aquela pessoa que deseja receber o pagamento sem trabalhar, mas fica o dia inteiro enrolando para fazer alguma coisa e, ainda assim, acredita que tem direito de receber o salário.

“Parasita” é também o título em português brasileiro do filme coreano “Gisaengchung” que conta a história de uma família que está desempregada e vive num porão sujo e apertado, mas ao se depararem com seu filho que passou a dar aulas para uma garota de família rica, então eles ficam fascinados com a vida luxuosa da garota e decidem se infiltrar nessa família.