Conceito.de

Conceito de paroxítona

Escutar o artigo

Paroxítona é um termo usado para nomear as palavras que possuem a penúltima palavra como tônica. Há ainda quem chame as paroxítonas de palavras graves.

paroxítona
Uma palavra paroxítona possui a tônica na penúltima sílaba

A tônica se trata da sílaba que é pronunciação com mais força, ou seja, com mais intensidades do que as demais. Enquanto isso, as outras sílabas são chamadas de átonas, por serem pronunciadas com menor intensidade.

É chamada de tonicidade a qualidade ou a condição do que é tônico. Logo, as palavras são classificadas de acordo com sua tonicidade, podendo ter a tonicidade na última, penúltima ou antepenúltima sílaba. No caso da paroxítona, ela possui no tonicidade na penúltima sílaba.

Como exemplo de palavra que é paroxítona podemos citar “janela”, onde a segunda sílaba (que é a penúltima) é pronunciada com mais intensidade que as outras.

Outro exemplo seria a palavra “capote”, onde a sílaba “po”, que é a segunda, seria a tônica, tornando essa palavra uma paroxítona.

Quando essa sílaba tônica é pronunciada errada, ou seja, quando se dá ênfase para uma sílaba que não é a tônica numa palavra, isso pode mudar o sentido daquela palavra. Por exemplo:

– Na palavra “amizade” temos uma paroxítona, que possui a penúltima sílaba como a tônica, sendo “amizade”, mas se dermos intensidade para a última sílaba a palavra perde o seu sentido, ainda que escrita do mesmo modo, ficando amizade”.

Classificação das palavras paroxítonas

Para que uma palavra seja classificada como paroxítona, será necessário que essa tenha pelo menos duas sílabas. Veja alguns exemplos a seguir para que haja um melhor entendimento sobre isso:

Mesa, peça, casa, taça e caça são paroxítonas, ainda que tenham apenas duas sílabas, pois o importante é que a penúltima sílaba seja a tônica. Tomando como exemplo “peça”, ela possui duas sílabas e a sua última sílaba é “ça”, tornando “pe” a penúltima sílaba.

– Enquanto isso, palavras com uma única sílaba como pá, cá, vai e cai não podem ser paroxítonas, já que contam apenas com uma sílaba;

– Mas as palavras com mais de duas sílabas, tais como caçado, empresa, moleza e empada são paroxítonas, pois seguem a regra de terem a penúltima sílaba como tônica e terem duas ou mais sílabas.

Outra característica das paroxítonas é que a maioria delas não possuem acentuação gráfica. Como exemplo de palavras paroxítonas não acentuadas temos: fantasia, loja, metade, felicidade, culpados, entre outras.

Mas nos casos em que essa acentuação gráfica surge, isso se dá em certas palavras que terminam em: n, r, x, ps, us, ei(s), om(ns), i(s), um(ns) e ão(s). Há alguns exemplos a seguir de palavras que seguem essa regra:

– Açúcar;

– Bônus;

– Vírus;

– Júri;

– Lápis;

– Fórum;

– Órgão;

– Bíceps;

– Fênix;

– Tórax;

– Família;

– Têxtil;

– Hífen;

– Prótons;

– Fáceis.

É importante mencionar que, devido a implementação novo acordo ortográfico, no Brasil algumas palavras classificadas como paroxítonas deixaram de usar acento, tal como é o caso de: ideia (antes se escrevia “idéia”), joia (que anteriormente se escrevia “jóia”), voo (que antes era escrito “vôo”) e também feiúra (que antes era escrito “feiúra”).

Alguns exemplos de palavras que são paroxítonas

conceito de paroxítona
Na paroxítona, a sílaba de maior força é a que está logo antes da última

Veja a seguir alguns exemplos de palavras classificada como paroxítonas, além das sílabas tônicas de cada uma delas destacadas:

– Egoísta (e-go-ís-ta);

– Escola (es-co-la);

– Estéril (es--ril);

– Garoto (ga-ro-to);

– Incrível (in-crí-vel);

– Risoto (ri-so-to);

– Níquel (-quel);

– Esgoto (es-go-to);

– Paranoico (pa-ra-noi-co);

– Porco (por-co);

– Repórter (re-pór-ter);

– Saúde (sa-ú-de);

– Táxi (-xi);

– Tranquilo (tran-qui-lo);

– Útil (ú-til).

Veja a seguir um exemplo de palavras paroxítonas usadas em frases:

“A saúde é algo de que todos devemos cuidar”;

“Ele disse que o equipamento que você o emprestou é bastante útil”;

“O repórter cobriu a maria daquele dia na escola”;

“Ela fez um incrível risoto para sua falia”.

Oxítona, paroxítona e proparoxítona

A classificação “paroxítona” faz parte das três existentes, que são: oxítona, paroxítona e proparoxítona. Essas classificações se dão de acordo com a localização da sílaba tônica numa palavra.

Quando uma palavra é classificada como oxítona, isso quer dizer que a sílaba tônica dela será a última, por exemplo: decolar, viajar, pontapé, alguém, paixão, atuação e vacinação.

Já quando se tem uma palavra que é classificada como paroxítona, tal como aqui já foi explicado, isso quer dizer que a penúltima sílaba é a tônica daquela palavra. Dos exemplos, podemos ainda citar: pijama, sistema e geladeira. Uma curiosidade é que a maioria das palavras que existem na língua portuguesa são formadas por palavras paroxítonas.

Por fim, as palavras classificadas em proparoxítonas são as que contam com a tônica na antepenúltima sílaba. Uma característica que ajuda a distinguir as palavras assim classificadas das demais é que as proparoxítonas possuem acentuação (todas elas possuem). E aqui alguns exemplos de palavras assim são: épico, ética, átomo, sílaba, cálice, gráfico, nêmesis, vândalo, dádiva, pássaro, canto, vítima e também ópera.

Citação

SOUSA, Priscila. (9 de Outubro de 2022). Conceito de paroxítona. Conceito.de. https://conceito.de/paroxitona