Conceito.de

Conceito de passado

Escutar o artigo

Passado é um termo usado para designar o que já passou ou que é imediatamente anterior. E o termo pode ser aplicado em diversos contextos no dia a dia, seja no meio pessoal ou profissional.

passado
Passado designa aquilo que já se foi ou que já sucedeu

O passado remete ao evento ou coisa que não mais ocorre ou existe.

Nisso, quando alguma coisa se encontra tão envelhecida a ponto de apodrecer se pode chamar essa fruta de passada: manga passada, o melão não estava com um bom gosto, estava passado, etc.

Quando algo está fora de moda ou em desuso também é comum que isso seja chamado de obsoleto ou de passado(a): essa é uma gíria passada.

É comum que o termo seja usado ainda para descrever quando uma pessoa não faz mais parte da vida de outra, por exemplo:

– Já disse que ele agora é passado, viverei minha vida livremente.

Esse termo é ainda usado quando o objetivo é designar uma roupa que foi alisada com um ferro de passar: roupa passada. O ferro, estando quente, deve passar sobre a peça de roupa para proporcionar esse efeito de alisamento.

Também se usa esse termo para relatar sobre o tempo remoto, por exemplo: o passado daquele país, o passado da humanidade, etc.

O passado de uma pessoa é definido como a história daquela pessoa até então. Mas é comum que o termo aqui trate de designar uma época longínqua ou uma fase anterior: se há uma pessoa adulta, o passado dela poderia ser a época em que ela era criança ou quando ela vivia no mundo das drogas ou da criminalidade e agora está limpa, sem fazer uso de drogas há anos ou sem cometer crimes.

Passado relativo ao tempo verbal

O tempo verbal que indica um evento que passou é o pretérito. E o mesmo indica tanto situações acabadas como também aquelas inacabadas e as que são anteriores as que já sucederam.

Posto isso, o pretérito ainda é dividido em: pretérito perfeito, pretérito imperfeito e pretérito mais-que-perfeito.

O pretérito prefeito do indicativo se trata do tipo que apresenta uma ação que já aconteceu, por exemplo:

– Não joguei com os meus colegas ontem.

Se formos analisar as conjugações do ver “jogar” no pretérito perfeito teremos: (eu) joguei, (tu) jogaste, (ele) jogou, (nós) jogamos, vós (jogastes) e (eles) jogaram.

Já o pretérito imperfeito do indicativo apresenta uma ação que é anterior ao presente, contudo que ainda não tenha sido concluía. Por exemplo:

– Ele não jogava bem no ano passo.

Também é importante analisar as conjugações verbais para esse verbo a fim de compreender como se deu isso:

– (eu) jogava, (tu) jogavas, (ele) jogava, (nós) jogávamos, vós (jogáveis) e (eles) jogavam.

Por fim, no pretérito mais-que-perfeito é exprimida uma ação que é anterior a outra ação que foi concluída. Veja um exemplo a seguir para um melhor entendimento:

– O garoto escrevera aquela bela história hoje pela manhã.

Mas esse tempo verbal se encontra em desuso, contudo é importante que o mesmo seja conhecido. Há termos que podem ser empregados no lugar desse a fim de trazer o mesmo sentido, veja o exemplo a seguir:

– O garoto tinha escrito aquela bela história hoje pela manhã.

Assim, o passado (pretérito) difere do presente, que exprime o que acontece agora, e o futuro, que apresenta aquilo que ainda irá acontecer.

Estar passado ou estar passada

conceito de passado
Alguém fica “passado” quando se espanta com a atitude de outra pessoa, por exemplo

A expressão “estar passado” é muito usada nos tempos atuais para expressar quando se está encabulado ou envergonhado por alguma situação ou algo que uma pessoa fez, por exemplo:

– Eu fiquei passada com o que ele me disse ontem na festa.

A frase acima poderia ser também do seguinte modo:

– Eu fiquei envergonhada com o que ele me disse ontem na festa.

Mas a expressão ainda pode ser usada para demonstrar quando uma pessoa está surpresa com a atitude de outra pessoa, por exemplo:

– Ele ficou passado com o modo como trataram sua esposa no evento;

– Ele ficou espantado com o modo como trataram sua esposa no evento.

Passada referente ao que se cozeu

Uma carne pode estar bem ou mal passada, que significa que a mesma cozeu bem ou não. E isso é ainda chamado de ponto da carne.

A carne mal passada acaba ficando mais suculenta, mas é necessário saber como fazer um bom cozimento a fim de que a mesma não seja perigosa para consumo devido a contaminação.

Já a carne ao ponto é aquela que passou mais tempo cozendo, tendo uma estrutura mais firme. Essa carne tendo a ser mais macia no centro. Essa é a opção mais tradicional, pois quando uma pessoa vai até um restaurante e não diz a preferência o garçom, automaticamente, trará uma carne ao ponto.

Existem outros pontos ainda como: ao ponto para mal, bem passada, ao ponto para o bem, etc.

Citação

SOUSA, Priscila. (16 de Dezembro de 2022). Conceito de passado. Conceito.de. https://conceito.de/passado