Conceito.de

Conceito de percepção social

Escutar o artigo

A percepção social é o estudo das influências sociais sobre a percepção. Há que ter em conta que as mesmas qualidades podem produzir impressões diferentes, pelo facto de interagirem entre si de forma dinâmica.

percepção social
Variados efeitos podem alterar a percepção social

As impressões contam com uma certa estrutura, onde há qualidades centrais e qualidades periféricas. Cada parte forma um todo; omitir ou acrescentar uma qualidade altera a percepção global.

No caso da percepção de pessoas, aparecem diversos fatores que influenciam na percepção: as expectativas que se tem de uma pessoa com quem se vai interagir, as motivações (que fazem que o homem que percepcione veja no outro aquilo que deseja ver), as metas (influenciam no processamento da informação), a familiaridade e a experiência.

Existem diversos efeitos que alteram a percepção social. Dependendo do valor do estímulo, pode ocorrer a acentuação perceptiva (quando o valor de um estímulo é grande, este é percepcionado como sendo maior do que realmente é) ou ainda o efeito Halo (se uma pessoa é vista de forma positiva em algum das suas características, tenderá a distorcer a percepção que tem de si e a ver-se de forma positiva noutras características).

De acordo com o significado emotivo do estímulo, pode provocar-se a defesa perceptiva (perante estímulos ameaçadores) ou a perspicácia perceptiva (perante estímulos que possam satisfazer uma necessidade ou trazer algum benefício).

O estereótipo (a atribuição/associação de atributos em função da identidade grupal), o preconceito (a forma individual de estabelecer julgamentos sobre pessoas ou coisas, que se afastam da percepção social comum) e a projeção (o efeito das próprias emoções ao avaliar pessoas ou situações) também são efeitos alteradores da percepção.

Entendendo o processo de percepção social

Para que a percepção social aconteça é necessário que primeiro o comportamento da outra pessoa afete os sentidos de um indivíduo (aquele que realiza a percepção), sendo que é necessário que os sentidos dele estejam em pleno funcionamento. Também se faz necessário que o ambiente seja propício para que haja essa percepção.

Depois de tudo isso vem a fase onde o indivíduo já foi atingido pelo comportamento do outro e aí esse começa a utilizar recursos como seus valores, preconceitos, atitudes, entre outros. Isso quer dizer que o indivíduo terá noção do comportamento da outra pessoa por meio do que seus sentidos fizeram a captação.

Há quem acredite que a percepção social é algo essencial para que haja a interação entre indivíduos, sendo que isso ajuda a influenciar no modo como se nota algum comportamento.

Um exemplo disso seria no seguinte caso:

– Há um amigo que conversa com uma amiga e esse amigo fala sobre outro amigo, então há algumas das características nessa conversa que acabam por se sobressair, com a pessoa que ouve esse amigo falando do outro se atentando mais a alguns detalhes do que a outros, muitas das vezes porque esses detalhes são mais evidentes, ainda mais quando os mesmos são apresentados primeiro e, assim, esses acabam tendo maior representatividade do que os demais.

Existem muitas variáveis que podem influenciar na percepção social, sendo uma delas também os estereótipos, onde os mesmos podem tanto ser estereótipos positivo quanto negativos. Esses possuem a função de remeter atributos para os indivíduos de um dado grupo, para os quais supomos características comuns. Assim, é válido dizer que as pessoas baseiam seus julgamentos nos atributos que são remetidos por elas para outras pessoas.

Experiências passadas e processo perceptivo

conceito de percepção social
Há distintas interferências que contribuem para que se entenda como dá-se significado aos atos de outras pessoas

Uma das coisas que podem também influenciar na percepção social são as experiências passadas. Quando uma pessoa está familiarizada com um dado estímulo, então isso pode gerar nessa pessoa mais propriedade para que a mesma perceba e reaja a tal estímulo.

Outros fatores que podem influenciar são sentimentos e emoções como cansaço, medo, ira, ciúme, desprezo, ressentimento, entre outros. Isso tudo pode alterar a condição daquele que percebe os demais, o qual é chamado de percebedor.

Essas e outras interferências são importantes para estudo, pois tornam mais fácil entender como uma pessoa significa/considera os atos dos demais. E isso ainda interfere no tipo de resposta que essa pessoa dará para tais ações.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (7 de Novembro de 2011). Conceito de percepção social. Conceito.de. https://conceito.de/percepcao-social