Conceito.de

Conceito de pólipo

O conceito de pólipo é utilizado nas áreas da medicina e da zoologia. No primeiro dos casos, os pólipos são tumores que se desenvolvem em membranas de tipo mucoso que se encontram em diferentes cavidades do corpo.
Os pólipos podem aparecer na garganta, na vagina, no recto ou no nariz, entre outras partes do corpo.

É possível classificá-los de forma diferente, conforme a sua dureza e o seu aspecto. Alguns pólipos crescem com a mesma tonalidade e a mesma dureza que a membrana na qual se implantam enquanto outros são mais duros.
Em certas ocasiões, os pólipos podem derivar no desenvolvimento de cancro. Por isso, é importante recorrer a um médico para o seu tratamento. Por hábito, são extraídos através de uma intervenção cirúrgica.

Dentro do âmbito da zoologia, os pólipos são animais que pertencem ao grupo dos celentérios cnidários. Este filo, composto por espécies invertebradas, também alberga as medusas.

Com aspecto de saco, os pólipos aderem às rochas ou a superfícies semelhantes através de uma espécie de ventosa que têm numa das suas extremidades. Por outro lado, apresentam um orifício que funciona simultaneamente como ânus e boca, mas geralmente rodeado de vários tentáculos.

Alguns pólipos apresentam componentes nos tentáculos que lhes permitem defender-se de outras espécies e capturar diferentes presas através de certas toxinas. Estes organelos que se assemelham a cápsulas recebem o nome de nematocistes.