Conceito.de

Conceito de programa de saúde

Um programa de saúde é um conjunto de ações implementadas por um governo com o objetivo de melhorar as condições de saúde da população. Assim, as autoridades promovem campanhas de prevenção e garantem o aceso democrático e em massa às unidades de saúde.

Em geral, um programa de saúde consta de diversas partes. Primeiramente, é preparada uma introdução, com os antecedentes e a missão que será cumprida pelo programa. Depois, é realizado um diagnóstico da situação atual, o qual pode incluir uma síntese de avaliação de planos similares que tenham sido anteriormente implementados.

Depois do diagnóstico, é apresentado o plano (com a programação de atividades) e, por vezes, também são detalhadas as conclusões relativamente aos resultados que se esperam conseguir.

Os programas de saúde têm como objetivo melhorar a saúde da população em geral e isso impacta no desenvolvimento de um país, estado ou cidade tem.

Como tal, o programa de saúde é um instrumento para operacionalizar as políticas de saúde através do planeamento, da execução e avaliação de ações de promoção, prevenção, tratamento (cuidados) e recuperação da saúde.

Existem vários tipos de programas de saúde. Por exemplo, consoante a área geográfica de aplicação, um programa de saúde pode ser nacional, provincial ou municipal. Os programas também se podem destinar a satisfazer as necessidades de um campo específico da saúde.

Neste sentido, mencionaremos aqui, a título de exemplo, os programas (nacionais) de saúde reprodutiva (ou planeamento familiar), que visam realizar ações de aconselhamento e orientação geral, prescrição e dispensa de contraceptivos (preservativos, pílulas, dispositivos intra-uterinos/DIU).

Também, existem programas de saúde para distintos propositivos, por exemplo: programas de saúde com foco em prevenção e tratamentos de problemas de saúde que acometem a terceira idade, outros com foco em problemas que acometem o público jovem ou o que podem afetar pessoas de todas as idades (hipertensão, obesidade, entre outros).

Muitos programas de saúde ainda que tratam de levar assistência medica para pessoas que não podem se deslocar devido alguma limitação ou mesmo para aqueles que residem muito longe de onde hajam médicos.

Os programas de Prevenção do Tabagismo, por sua vez, divulgam informação sobre os perigos do consumo e as suas consequências para a saúde.

Mas para que esses programas de saúde existiam é necessário realizar investimentos e os recursos investidos provém dos impostos que o governo recolhe dos cidadãos e das empresas. Desse modo, quando existe, por exemplo, alguma epidemia, o governo poderá prover o necessário para prevenir ou tratar a população.

Existem países onde os investimentos em saúde são baixos e, assim, tem-se muitos problemas e o atendimento à população nesse quesito torna-se precário. Por isso há países onde se tem muitos casos de doenças e mortes causadas por problemas de saúde.

Em muitos países existe um valor máximo que pode ser gasto com programas de saúde e na saúde como um todo. Em outras palavras, há um piso de gastos para esse setor. Em certos países, o Governo tem um gasto com saúde e com educação, mas ele acaba investido mais em saúde do que em educação.