Conceito.de

Conceito de reacção de substituição

Como vem sendo habitual na hora de estabelecer uma definição, o primeiro passo que se faz necessário levar a cabo é determinar a origem etimológica das palavras que dão forma ao termo. Neste caso, é o seguinte:
-Reacção deriva do latim e é fruto da soma do prefixo “re-”, que significa “para trás”, e “actio”, que por sua vez emana do verbo “agere” (fazer).

-Substituição, por outro lado, também deriva do latim, concretamente de “substitutio”, que é equivalente a “efeito ou acção de pôr algo ou alguém em lugar de outro”. Esta palavra latina é formada por três partes definidas: o prefixo “sub-” (debaixo); o verbo “statuere” (colocar) e o sufixo “-ção” (acção e efeito).

Uma reacção química produz-se quando duas ou mais substâncias interagem e adquirem propriedades diferentes a partir de alterações na sua estrutura e nos seus elos. Mediante este produz uma substância que recebe o nome de reactivo transforma-se noutra cujas propriedades são diferentes. Ao resultado da reacção dá-se-lhe o nome de produto.

Existem diferentes cases de reacções. A reacção de substituição tem lugar quando, num composto, um átomo ou um grupo de átomos é substituído por outro. Isto significa que, mediante a reacção, um elemento desloca outro elemento não composto. Por isso também se fala de reacção de deslocamento.

Posto isto não nos podemos esquecer que estas reacções de substituição podem ser de dois tipos fundamentalmente:
-De simples substituição, que é quando uma substância simples reage com outra composta, substituindo um dos seus componentes.

-De dupla substituição. Esta também responde ao nome de metáteses e caracteriza-se porque a troca decorre entre dois elementos compostos diferentes, dando lugar a substâncias novas.
Tudo isso sem passar por alto que as reacções podem ser, consoante o seu mecanismo, de case nucleofílica monomolecular ou bimolecular.

Conhece-se pelo nome de grupo entrante os átomos que entram no substrato (a molécula que alberga o processo de substituição), enquanto os átomos expulsados desse lugar se chamam grupo saliente. Aquilo que resulta da reacção de substituição é o produto.

Para além de todo o exposto, por conseguinte, temos de realçar que a reacção de substituição se divide em quatro etapas fundamentalmente que estão definidas pelo protagonismo do substrato, do grupo entrante para o reactivo, do grupo saliente e do produto.

Se a reacção se desenvolve com compostos iónicos em solução, produz-se uma troca de catiões e aniões. Neste caso, a reacção de substituição passa a denominar-se reacção de dupla substituição ou reacção de metátese.

Um exemplo de reacção de substituição tem lugar quando se submerge cobre em nitrato de prata. O cobre desloca os átomos de prata, dando lugar a um composto específico (nitrato de cobre).

O bromo e o cloro também podem gerar uma reacção de substituição. Nesta operação, o cloro substitui o bromo. Esta reacção pode ser esquematizada com a seguinte fórmula: Cl2 + NaBr -> NaCl + Br2

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

encomenda

A Michaelis em seu dicionário online reconhece cinco significados para o termo encomenda. O primeiro fala de encomenda como o...

Conceito de

gengiva

A gengiva é a carne que protege os dentes e recobre a parte interna das mandíbulas. O termo tem sua origem etimológica na...

Conceito de

enclave

Um enclave é um território rodeado por outro que possui características distintas em termos de administração, regime...

Conceito de

encíclica

A palavra grega “egkýklios” tornou-se encíclica em nossa língua. O termo é usado para se referir a uma...

Conceito de

enciclopédia

Com origem nos vocábulos enkyklos (“em torno de”) e paideia (“educação”), a noção de enciclopédia se refere a um...

Conceito de

tomada

O primeiro significado de tomada mencionado no Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa da Michaelis refere-se ao ato ou...

Conceito de

encanto

O conceito de encanto pode ser usado de diferentes maneiras. O termo é usado com referência ao indivíduo, animal, lugar ou...

Conceito de

encarnação

Encarnação, vindo da palavra latina “incarnatiōne”, é o ato e consequência de encarnar. Este verbo (encarnar) se...

ARQUIVOS