Conceito.de

Conceito de receptáculo

A etimologia de receptáculo remete-nos para a língua latina, mais precisamente para o vocábulo receptacŭlum. O conceito é usado para designar o oco ou a concavidade que serve para conter algum tipo de substância ou elemento.

Exemplos: “As luzes estão ocultas num receptáculo por uma questão estética”, “O receptáculo do chuveiro foi feito com mármore”, “Não consigo abrir o receptáculo para trocar a pilha, podes ajudar-me?”.

Um receptáculo, de alguma forma, pode ser qualquer superfície ou espaço que permite armazenar algo. O receptáculo do baú de um automóvel é o sítio onde uma pessoa pode guardar os bolsos quando vai viajar, só para citar uma possibilidade. Um móvel, por outro lado, pode ter vários receptáculos para depositar diferentes objectos.

Dentro do âmbito da botânica, o receptáculo é o sector do pedúnculo que, graças ao seu ensacamento, permite a inserção do cálice, da coroa e outras partes das flores. O conceito é usado como sinónimo de tálamo.

A forma deste receptáculo varia de acordo com a posição do ovário. Por conseguinte, é possível encontrar receptáculos de diferentes características.

A ideia de receptáculo também pode ser usada em sentido figurado. Um jornalista pode afirmar que Lionel Messi é o “receptáculo da ilusão” dos simpatizantes argentinos uma vez que estes confiam em que este jogador, com as suas boas actuações, permita que a selecção nacional se consagre no Campeonato Mundial ou noutro torneio. Os Argentinos, por conseguinte, depositam em Messi as suas esperanças de conseguir um êxito desportivo.