Conceito.de

Conceito de material de escritório

Um escritório é um local que se destina à realização de um trabalho (geralmente, intelectual ou administrativo). Trata-se de um espaço físico podendo estar organizado de distintas formas e apresentar diversas características consoante a sua função e a quantidade de trabalhadores.

O material, por sua vez, é o conjunto dos objetos, elementos e ferramentas que são necessários para a realização de algo em concreto. Tudo o que é material, para além de concreto, é tangível e diz respeito às pessoas (e não às coisas).

Estes conceitos dão-nos, de alguma forma, uma perspectiva da definição de material de escritório. Podemos dizer que o material de escritório é composto pelas máquinas, pelos aparelhos electrónicos e pelos dispositivos de que precisamos para levar a cabo tarefas e atividades de escritório.

Computadores, telefone, fax, scanner, secretárias (ou escrivaninha) e cadeiras são alguns dos elementos que fazem parte do material de escritório. Cada um deles é indispensável para realizar o trabalho de escritório, no dia-a-dia. Não significa, obviamente, que um escritório não possa funcionar sem fax ou scanner; depende muito das características de cada local.

Outros materiais de escritório são itens como canetas, cadernos, pastas, clipes de papel, folhas de papel A4, blocos de notas, agendas, envelopes, cartão de visitas, grampeador, etiquetas, carimbo, etc. Desses, existem aqueles que são mais e menos essenciais, a depender também das tarefas que serão realizadas no escritório.

Também, o post-it é outro exemplo de material de escritório, onde se fazem anotações de lembretes e essas são fixadas em paredes, murais, etc., sendo que atualmente é mais comum o uso de ferramentas digitais para isso.

Os itens relacionados a escrita, tais como canetas esferográficas, lapiseira, grafite, borrachas, corretivos, etc. são alguns dos mais adquiridos para escritório.

Já no que diz respeito a manter uma boa aparência no escritório e tornar mais fácil encontrar certos itens, os organizadores são importantíssimos materiais para esse ambiente de trabalho. Esses organizadores são caixas feitas de materiais resistentes e que podem ser usados para guardar diferentes tipos de objetos que caibam ali. Com essas caixas é possível guardar o que não se utiliza no escritório com tanta frequência, assim se tem mais espaço nas gavetas e na mesa para armazenar itens importantes e mais usados.

Há também os envelopes que são importantes itens para armazenar documentos, especialmente aqueles mais importantes. Pode-se fazer também a organização desses envelopes por nome, data, tipo, entre outros, segundo o que se necessite na empresa.

Com a disseminação do home office, os itens de escritório são essenciais tanto nos escritórios nas empresas quanto naqueles que funcionam agora nas casas de alguns profissionais.

O material de escritório foi sofrendo alterações ao longo dos anos. Há umas décadas atrás, os escritórios tinham máquinas de escrever, um objeto que entretanto se tornou obsoleto. O próprio design e a decoração dos escritórios foram seguindo as novas tendências para estarem atualizados. O mesmo se aplica ao mobiliário de escritório, o qual foi adoptando linhas diferentes.

Os escritórios públicos, por outro lado, costumam dispor de um material diferente do dos escritórios privados. É frequente a tecnologia dos escritórios pertencente ao Estado ser mais antiga (desatualizada).