Conceito.de

Conceito de recorde

De origem inglesa (record), este termo designa o resultado máximo ou mínimo em qualquer actividade. Regra geral, o termo é usado como sinónimo de marca para fazer referência ao melhor resultado obtido num desporto, numa prova ou numa competição.

Exemplos: “A Rússia obteve um resultado recorde no Campeonato Mundial de Paratletismo, em França, em Julho de 2013, tendo ficado em primeiro lugar, com 26 medalhas de ouro”, “A equipa catalã sonha em bater o recorde de vitórias consecutivas”, “Tem apenas vinte anos, mas muitos especialistas acreditam que conseguirá bater o recorde de defesas de um título do mundo”.

Entende-se como recorde mundial aquele resultado oficial nunca antes obtido/conseguido numa prova desportiva, superando todos os anteriores. Isto, obviamente, é relativo, uma vez que se refere unicamente aos registos históricos e aos resultados reconhecidos por alguma associação ou um conjunto de associações.

Um recorde olímpico, por outro lado, é a melhor marca obtida nos Jogos Olímpicos. Na prática, esse resultado pode ser simultaneamente um recorde olímpico e um recorde mundial. Contudo, um recorde mundial não tem necessariamente de coincidir com um recorde olímpico, e vice-versa.

Em alguns casos, existe a possibilidade de um mesmo atleta ser detentor de ambos os recordes apesar de os resultados não coincidirem. O Jamaicano Usain Bolt conquistou o recorde olímpico nos 100 metros em Pequim 2008, com 9,69 segundos. Um ano depois, bateu o recorde mundial em Berlim com 9,58 segundos.

Recorde também pode ser usado fora do âmbito do desporto: “Este bolo-rei excede qualquer um dentro do seu género! Bate o recorde, sem dúvida!”, “O desemprego subiu ao ponto de alcançar um nível recorde no continente europeu”.